Exportar registro bibliográfico

Genótipos do citomegalovirus humano (HCMV) baseado na glicoproteina N em mães de crianças com e sem infecção congénita (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: MACHADO, ALINE RAFAELA DA SILVA RODRIGUES - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPP
  • Subjects: INFECÇÕES POR CYTOMEGALOVIRUS; GENÓTIPOS
  • Language: Português
  • Abstract: O HCMV tem sido foco de muitos estudos porque espera-se que o conhecimento de uma potencial associação entre as diferentes variantes virais e a imunopatogênese deste vírus poderá contribuir na prevenção e prognóstico destas infecções, especialmente em crianças infectadas no período intra-uterino. Baseado no polimorfismo de um gene altamente variável, a ORF UL73 que codifica a glicoproteína N (gN), as diferentes cepas do HCMV podem ser classificadas em 4 genótipos principais. Foram objetivos deste estudo: 1. verificar a distribuição das cepas do HCMV em mães de filhos com e sem infecção congénita pelo HCMV; 2. verificar uma potencial associação entre genótipos gN do CMV e transmissão vertical deste vírus; 3. verificar a ocorrência de reinfecção materna com mais de uma cepa viral. Em um estudo caso-controle, o grupo caso foi constituído por 35 mães de crianças com infecção congénita pelo HCMV e o grupo controle foi constituído por 84 mães de crianças sem infecção congênita. Para a detecção viral, amostras de leite materno foram obtidas imediatamente após o parto (mediana de 3 dias). A determinação dos genótipos gN das cepas do HCMV identificadas nestas amostras foram realizadas por duas metodologias: PCR de duas etapas, com utilização de primers específicos para cada um dos genótipos na segunda etapa e o sequenciamento nucleotídico precedido ou não de clonagem do fragmento do produto amplificado pela PCR na primeira etapa. Para a análise da detecção de reinfecção com mais de uma cepa viral, foram consideradas aquelas mães excretoras que tiveram a genotipagem confirmada pelo sequenciamento precedido de clonagem. A mediana da idade materna no grupo caso foi de 24 anos e no grupo controle foi de 25 anos. A DNAlactia foi observada em 29/35 (83%) no grupo caso e 22/84 (26%) no grupo controle. Dentre as 29 mães caso excretoras, 26 albergavam apenas uma cepa e 3apresentavam excreção simultânea de mais de um genótipo. No grupo controle, 20/22 mães excretavam um único genótipo viral e duas albergavam mais de um genótipo. Considerando o total de 57 genótipos gN identificados em 51 mães (29 casos e 22 controles), observou-se uma maior frequência da variante gN-4 (31/57; 54%; IC 95%: 41,4- 66,9%), seguida da variante gN-3 (12/57; 21%; IC95%= 11,9-33%), gN-2 (10/57; 17%; IC95%= 9,3-29,1), e gN-1 (4/57; 7%; IC95%: (IC95%=2,3-16,1); p<0,01. Nenhum genótipo parece ter transmissão vertical preferencial comparando a distribuição entre as mães caso e controle: gN-1 (OR=0,71; IC95%: 0,095,43); gN-2 (OR=1,88; IC95%:0,43-8,19); gN-3: (OR= 1,6; IC95%:0,42-6,08) e gN-4 (OR=0,41; IC95%: 0,14-1,24). Com a análise do seqüenciamento nucleotídeo, a reinfecção com mais de um genótipo gN foi observada em 3/13 ( 23%) mães caso e 2/17 (11,9%) mães controle. Não foi observado associação entre polimorfismo genético do CMV e transmissão vertical no período intra-uterino. O predomínio do genótipo gN-4 pode estar refletindo apenas a genótipo que circula mais frequentemente na população estudada. O encontro de uma única cepa do HCMV foi mais frequentemente observado que a coinfecção com mais de uma cepa viral em mães caso e controle. O achado de que a variante gN-1 foi o genótipo mais raro, em contraste com outros estudos, sugere que existe uma diferença na distribuição dos genótipos gN de cepas de diferentes regiões geográficas e populações distintas de pacientes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.12.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MACHADO, Aline Rafaela da Silva Rodrigues; YAMAMOTO, Aparecida Yulie. Genótipos do citomegalovirus humano (HCMV) baseado na glicoproteina N em mães de crianças com e sem infecção congénita. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Machado, A. R. da S. R., & Yamamoto, A. Y. (2011). Genótipos do citomegalovirus humano (HCMV) baseado na glicoproteina N em mães de crianças com e sem infecção congénita. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Machado AR da SR, Yamamoto AY. Genótipos do citomegalovirus humano (HCMV) baseado na glicoproteina N em mães de crianças com e sem infecção congénita. 2011 ;
    • Vancouver

      Machado AR da SR, Yamamoto AY. Genótipos do citomegalovirus humano (HCMV) baseado na glicoproteina N em mães de crianças com e sem infecção congénita. 2011 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021