Exportar registro bibliográfico

Efeito da administração de ocitocina intranasal a pacientes com esquizofrenia e voluntários sadios no teste de pareamento de emoções faciais (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: MACEDO, LIGIA RIBEIRO HORTA DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: OCITOCINA; EMOÇÕES; FACE; ESQUIZOFRENIA
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A ocitocina é um peptídeo sintetizado nos núcleos paraventricular (NPV) e supraótico (NSO) do hipotálamo, que possui tanto ações periféricas, no trabalho de parto e amamentado, quanto ações centrais. Entre as ações centrais da ocitocina destacam-se aquelas relacionadas a comportamento social em mamíferos. Pesquisas em humanos sadios mostram que a administração de ocitocina aumentou o desempenho em tarefas de reconhecimento de emoção facial, como medo, raiva alegria e tristeza. A capacidade de reconhecer tais expressões é essencial para as relações sociais e este prejudicada na esquizofrenia Objetivo: Avaliar efeito de dose única de ocitocina intranasal em teste de rareamento de emoções faciais em portadores de esquizofrenia e em voluntários sadios. Métodos: Foram avaliados 20 pacientes com esquizofrenia e 20 voluntários saudáveis, de modo duplo cego, cágado, controlado com placebo, que receberam ocitocina e placebo em duas sessões, com intervalo entre elas de 15 dias. Foi usada uma tarefa computadoriza de pareamento de emoções faciais, que tinha como controle pareamento de identidades faciais, de figuras geométricas e de cores. Resultados: Não foram encontradas diferenças no teste de pareamento de emoções faciais entre os sujeitos que receberá ocitocina e os que receberam placebo. Como já descrito, os pacientes com esquizofrenia apresentaram desempenho pior no teste de pareamento quando comprado aos voluntários saudavas. Conclusões: Embora tenha sido descrito que a ocitocina possa melhorar reconhecimento de emoções faciais, não foi encontrado esse tipo de efeito no presente estudo. Uma das possíveis justificativas para isso seria o tipo de teste utilizado, que não requeria nomeação de emoções, enquanto nos estudos que encontraram melhora do reconhecimento de emoções com uso de ocitocina, sempre existia esse tipo de tarefa
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.03.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MACEDO, Lígia Ribeiro Horta de; ZUARDI, Antonio Waldo. Efeito da administração de ocitocina intranasal a pacientes com esquizofrenia e voluntários sadios no teste de pareamento de emoções faciais. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Macedo, L. R. H. de, & Zuardi, A. W. (2012). Efeito da administração de ocitocina intranasal a pacientes com esquizofrenia e voluntários sadios no teste de pareamento de emoções faciais. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Macedo LRH de, Zuardi AW. Efeito da administração de ocitocina intranasal a pacientes com esquizofrenia e voluntários sadios no teste de pareamento de emoções faciais. 2012 ;
    • Vancouver

      Macedo LRH de, Zuardi AW. Efeito da administração de ocitocina intranasal a pacientes com esquizofrenia e voluntários sadios no teste de pareamento de emoções faciais. 2012 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021