Exportar registro bibliográfico

Uso do inventário florestal como ferramenta de monitoramento da qualidade silvicultura em povoamentos clonais de Eucalyptus (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: HAKAMADA, RODRIGO EIJI - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCF
  • Subjects: EUCALIPTO; INVENTÁRIO FLORESTAL; MONITORAMENTO
  • Keywords: Controle de qualidade; Índices de uniformidade; Povoamentos clonais
  • Language: Português
  • Abstract: A produtividade florestal é definida pelo ambiente de produção em que o povoamento está inserido, pela implantação de materiais genéticos superiores e pelo seu correto manejo silvicultural. A correta prescrição de recomendações silviculturais e a execução das operações de maneira padronizada tem por objetivo eliminar ou minimizar as restrições ao crescimento para cada árvore. Apesar das melhorias silviculturais que ocorreram nas últimas décadas, sabe-se que ainda é possível ganhos em produtividade através do monitoramento, detecção e correção precoce de desvios na qualidade silvicultural. Assim, o objetivo deste trabalho foi investigar um índice para o monitoramento da qualidade silvicultural utilizando uma rede de inventário florestal. Para isto, foram realizadas três etapas de trabalho: i) Definição de índices de uniformidade das variáveis dendrométricas; ii) Padronização dos chamados intervalos ótimos de uniformidade (IOU) e iii) Validação da metodologia via sua aplicação numa rede de inventário florestal para um único clone comercial. Na primeira etapa utilizaram-se três ensaios da rede BEPP (Brasil Eucalyptus Produtividade Potencial) com diferentes níveis de produtividade para estabelecer os índices adequados em caracterizar a uniformidade silvicultural. Na segunda etapa utilizaram-se cinco testes clonais de Eucalyptus no Estado de São Paulo para validar o conceito de Intervalo Ótimo de Uniformidade. Na última etapa, os índices e conceito do IOU foram aplicados emescala comercial em uma rede de parcelas de inventário florestal instalada em 12.000 hectares de plantios clonais de Eucalyptus no Nordeste do Estado de São Paulo, com cerca de 2 anos de idade, e plantados no período de 1995 a 2009. Na fase de definição, o índice que representa a porcentagem do volume total existente em 50% das menores árvores plantadas (o que inclui as falhas de plantio) (PV50) se mostrou como o que melhor se adequou à proposta do trabalho, pois possui limites finitos (50% a 0%), contempla as falhas de plantio como parte do índice de uniformidade do povoamento e, indiretamente, representa a distribuição de classes de crescimento. As uniformidades aos 5, 9, 12 e 24 meses foram fortemente correlacionadas à uniformidade aos 6 anos (r² > 0,74) mostrando a possibilidade de monitoramento precoce para detecção de desvios de qualidade na silvicultura. Além disso, o índice PV50 inicial foi altamente correlacionado com a produtividade final (p < 0,001). Na fase de padronização, não se detectou diferença estatística (Tukey, 5%) do PV50 entre os testes clonais a despeito de suas distintas produtividades, evidenciando que o índice de uniformidade pode ser generalizado, independentemente da produtividade do sítio. O IOU do PV50 foi de 34 a 50 %, ou seja, parcelas amostrais que possuírem o PV50 dentro deste intervalo podem ser consideradas satisfatoriamente uniformes. Na etapa de validação, quando o conceito foi aplicado em escala comercial observou-se uma forte evoluçãotemporal do PV50. Nos plantios realizados em 1995 a média do índice foi de 29% e elevou-se para 42% em 2009. O percentual de parcelas dentro do intervalo ótimo de uniformidade tendeu claramente a se elevar ao longo deste período, devendo estar relacionada com as melhorias nas principais operações silviculturais e seu monitoramento através do controle de qualidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.06.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      HAKAMADA, Rodrigo Eiji; STAPE, Jose Luiz. Uso do inventário florestal como ferramenta de monitoramento da qualidade silvicultura em povoamentos clonais de Eucalyptus. 2012.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-05072012-100431/ >.
    • APA

      Hakamada, R. E., & Stape, J. L. (2012). Uso do inventário florestal como ferramenta de monitoramento da qualidade silvicultura em povoamentos clonais de Eucalyptus. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-05072012-100431/
    • NLM

      Hakamada RE, Stape JL. Uso do inventário florestal como ferramenta de monitoramento da qualidade silvicultura em povoamentos clonais de Eucalyptus [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-05072012-100431/
    • Vancouver

      Hakamada RE, Stape JL. Uso do inventário florestal como ferramenta de monitoramento da qualidade silvicultura em povoamentos clonais de Eucalyptus [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-05072012-100431/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021