Exportar registro bibliográfico

Papel da proteína dissulfeto isomerase na reatividade vascular à angiotensina II e noradrenalina: envolvimento da NADPH oxidase (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DIAS, ANA ALICE DOS SANTOS - ICB
  • Unidades: ICB
  • Sigla do Departamento: BMF
  • Subjects: PROTEÍNAS; ANGIOTENSINA II; NORADRENALINA
  • Language: Português
  • Abstract: As espécies reativas de oxigênio (EROs) são intermediários de vias de sinalização que regulam eventos celulares relevantes na função de células musculares lisas vasculares como migração, proliferação e contração. A NADPH oxidase é a principal fonte enzimática de EROs com finalidade sinalizadora no sistema cardiovascular. Estudos do nosso grupo demonstraram que a proteína dissulfeto isomerase (PDI), uma chaperona redox do retículo endoplasmåtico é capaz de modular a geração de EROs e a ativação de vias de sinalização redox dependentes pela Ang II. Apesar dos recentes avanços na compreensão dos mecanismos que regulam a interação entre a PDI e NADPH oxidase, o papel desta chaperona nos efeitos biológicos relacionados a EROs, como a contração vascular, não estão esclarecidos. A inibição da resposta contrátil pelo DTNB, um oxidante de tióis sugere o envolvimento de proteínas contendo tióis como a PDI e a NADPH oxidase na contração de aortas isoladas estimuladas com Ang II. Estes resultados foram confirmados por experimentos que demonstraram a expressão de PDI em todas as camadas vasculares da aorta de ratos Wistar e uma co-localização desta proteína com a isoforma NOX-1. A inibição da PDI diminuiu a geração de EROs e a reatividade vascular induzida por Ang II e NOR independente da presença do endotélio.A investigação dos mecanismos envolvidos sugere um papel da PDI na mobilização de cálcio dos estoques intracelulares via NADPH oxidase. A ativação de MAP quinases contribuiu para aumentar a mobilização de cálcio intracelular em aortas estimuladas com Ang II e NOR. No entanto, a inibição da PDI reduziu a fosforilação da ERK 1/2 em aortas estimuladas com Ang II, mas não com NOR. A análise conjunta dos nossos resultados sugere que mecanismos redox dependentes e independentes estariam envolvidos na regulação da resposta contrátil à Ang II e vascular. Angiotensina II. Noradrenalina. NADPH oxidase. Espécies reativas de oxigênio (EROs).
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.03.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DIAS, Ana Alice dos Santos; LOPES, Lucia Rossetti. Papel da proteína dissulfeto isomerase na reatividade vascular à angiotensina II e noradrenalina: envolvimento da NADPH oxidase. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42136/tde-26072012-171642/pt-br.php >.
    • APA

      Dias, A. A. dos S., & Lopes, L. R. (2012). Papel da proteína dissulfeto isomerase na reatividade vascular à angiotensina II e noradrenalina: envolvimento da NADPH oxidase. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42136/tde-26072012-171642/pt-br.php
    • NLM

      Dias AA dos S, Lopes LR. Papel da proteína dissulfeto isomerase na reatividade vascular à angiotensina II e noradrenalina: envolvimento da NADPH oxidase [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42136/tde-26072012-171642/pt-br.php
    • Vancouver

      Dias AA dos S, Lopes LR. Papel da proteína dissulfeto isomerase na reatividade vascular à angiotensina II e noradrenalina: envolvimento da NADPH oxidase [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42136/tde-26072012-171642/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019