Exportar registro bibliográfico

A atratividade facial feminina em função da etapa do ciclo menstrual (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: PERILLA-RODRIGUEZ, LINA MARIA PERILLA - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: CICLO MENSTRUAL; PERCEPÇÃO DA FACE; OVÁRIO; HORMÔNIOS; OVULAÇÃO
  • Keywords: Atratividade facial feminina; Face perception; Female facial attractiveness; Hormônios ovarianos; Menstrual cycle; Ovarian hormones; Ovulation
  • Language: Português
  • Abstract: A visibilidade da etapa fértil na mulher é uma questão polêmica e tem sido muito discutida nas últimas décadas. Alguns autores argumentam que no transcorrer da evolução a ovulação ficou oculta. Em paralelo, outros pesquisadores afirmam que a ovulação na mulher não se manifesta de forma tão visível como em alguns primatas que apresentam sinais muito notórios da ovulação, por exemplo, a tumefação vaginal. Mas diversas pesquisas têm fornecido evidência que mostram que o período fértil na mulher é perceptível de maneira sutil, sem que se tenha consciência do processo perceptual envolvido. Os achados destas pesquisas apontam para o fato de diversas características (como a face, a proporção cintura quadril, a simetria de tecidos brandos pareados e o cheiro) serem percebidas como mais atraentes na etapa fértil. O presente estudo teve por objetivo investigar se em alguma etapa (folicular tardia ou lútea) do ciclo menstrual a face da mulher se torna mais atraente para o sexo oposto devido a mudanças morfológicas induzidas pelos níveis hormonais. Foram apresentados, apenas para participantes masculinos, 36 slides com fotografias de faces frontais de mulheres em idade reprodutiva. Em cada slide foram mostradas simultaneamente duas fotos da mesma mulher, uma das fotos obtida na Fase Folicular Tardia (FFT) do ciclo e a outra obtida na Fase Lútea (FL). Os participantes escolheram a face mais atraente e posteriormente avaliaram o grau de atratividade mediante uma escala analógica visual (VAS), cujo extremo esquerdo e direito da escala foram rotulados respectivamente por: nem um pouco atraente e muito atraente. Os resultados mostraram que a atratividade facial feminina muda em função da etapa do ciclo menstrual. As faces das mulheres que não tomavam anticoncepcionais foram julgadas como mais atraentes na etapa fértil do que na etapa infértil do ciclo. E o julgamento deatratividade feito para as faces das mulheres que tomavam anticoncepcionais não diferiram significativamente entre a FFT e a FL. Os resultados obtidos nesta pesquisa e nos estudos realizados previamente proporcionam evidências que demonstram que o período fértil nos humanos não está oculto, pois ocorrem mudanças na face que são detectáveis, mesmo quando o processo de percepção não é ciente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.02.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PERILLA-RODRIGUEZ, Lina Maria; FUKUSIMA, Sergio Sheiji. A atratividade facial feminina em função da etapa do ciclo menstrual. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-27042012-110723/ >.
    • APA

      Perilla-Rodriguez, L. M., & Fukusima, S. S. (2012). A atratividade facial feminina em função da etapa do ciclo menstrual. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-27042012-110723/
    • NLM

      Perilla-Rodriguez LM, Fukusima SS. A atratividade facial feminina em função da etapa do ciclo menstrual [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-27042012-110723/
    • Vancouver

      Perilla-Rodriguez LM, Fukusima SS. A atratividade facial feminina em função da etapa do ciclo menstrual [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-27042012-110723/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020