Exportar registro bibliográfico

Obtenção e caracterização de nanocompósitos de polímeros biodegradáveis (Ecovio e Ecobras) e argila organofílica (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: BOTELHO, KILÇA TANAKA - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PMT
  • Subjects: NANOCOMPOSITOS; POLÍMEROS (MATERIAIS)
  • Language: Português
  • Abstract: As indústrias de plásticos, por muitos anos procuraram desenvolver polímeros resistentes e com uma grande durabilidade, porém com o tempo surgiram preocupações com o acúmulo de resíduos sólidos em função dos descartes desses materiais. Desta forma, os cientistas começaram a desenvolver materiais biodegradáveis em substituição a esses plásticos de alta durabilidade, com o objetivo de gerar um impacto menor ao meio ambiente. O aumento no interesse pela área ambiental, somado ao crescimento da utilização de polímeros e pela disposição final destes resíduos sólidos, tem elevado o número de pesquisas na produção de substitutos ambientalmente sustentáveis os chamados plásticos biodegradáveis, compostos por um vasto grupo de materiais poliméricos, naturais e sintéticos, que sofreram alterações químicas sob a influência de fatores ambientais. Os polímeros biodegradáveis por serem materiais pouco resistentes mecanicamente e termicamente, têm sido muito estudados com o objetivo de melhorar tais propriedades. Uma das pesquisas em andamento é a incorporação de argilas organofílicas sintetizadas a esses materiais biodegradáveis. As argilas esmectíticas sódicas encontram amplo uso industrial, sendo considerada a sua melhor qualidade quanto maior for seu inchamento em água. O seu uso tem aumentado consideravelmente nesses últimos anos pelo fato delas serem utilizadas para a síntese de argilas organofílicas, ou seja, argilas que tem um alto grau de inchamento em compostos orgânicos. Este trabalho teve como objetivo a síntese de argilas organofílicas utilizando cinco sais quaternários de amônio e uma argila esmectítica sódica natural da Argentina para a incorporação em polímeros biodegradáveis visando melhorias nas propriedades térmicas e mecânicas.Neste estudo foram utilizados dois tipos de polímeros biodegradáveis, são eles o ECOBRAS, polímero a base de amido de milho e o ECOVIO. Para a caracterização das argilas foram realizadas análises de DRX, infravermelho, microscopia eletrônica de varredura, análise térmica e inchamento de Foster. Para a caracterização dos polímeros e dos nanocompósitos foram realizadas analise térmica e testes mecânicos. Tais análises comprovaram as melhorias nas propriedades estudadas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BOTELHO, Kilça Tanaka; VALENZUELA DÍAZ, Francisco Rolando. Obtenção e caracterização de nanocompósitos de polímeros biodegradáveis (Ecovio e Ecobras) e argila organofílica. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.
    • APA

      Botelho, K. T., & Valenzuela Díaz, F. R. (2011). Obtenção e caracterização de nanocompósitos de polímeros biodegradáveis (Ecovio e Ecobras) e argila organofílica. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Botelho KT, Valenzuela Díaz FR. Obtenção e caracterização de nanocompósitos de polímeros biodegradáveis (Ecovio e Ecobras) e argila organofílica. 2011 ;
    • Vancouver

      Botelho KT, Valenzuela Díaz FR. Obtenção e caracterização de nanocompósitos de polímeros biodegradáveis (Ecovio e Ecobras) e argila organofílica. 2011 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021