Exportar registro bibliográfico

Estudo em laboratório da dinâmica dos isotópos de urânio no processo de interação rocha-água em granitóides do complexo de Itu (SP) / (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated author: SILVA, HELEN SOARES BORGES DA - IAG
  • School: IAG
  • Sigla do Departamento: AGG
  • Subjects: GEOQUÍMICA; GEOFÍSICA NUCLEAR; URÂNIO; ROCHAS GRANÍTICAS
  • Language: Português
  • Abstract: São apresentados os resultados do estudo do processo de lixiviação de urânio de granitóides do Complexo Itu (SP), através de experimentos de laboratório, para elucidar os mecanismos envolvidos no processo de interação rocha-água. Para tanto, foram coletadas seis amostras representativas das diferentes fácies graníticas do Complexo Itu, as quais foram submetidas ao processo de lixiviação utilizando um aparato experimental especialmente projetado e desenvolvido para esta pesquisa. Das rochas analisadas três são sienogranitos, duas são granitos alcalinos e uma é monzodiorito. Fragmentos de cada uma das rochas foram mantidos em frascos de vidro, contendo água destilada que ficou percolando pelo sistema constantemente, sob temperatura ambiente. Periodicamente, ao menos uma vez por mês, a água foi retirada para análise de urânio e substituída por outra. Cada granito foi submetido ao processo de lixiviação juntamente com uma duplicata e o sistema ficou em funcionamento por 180 dias. As concentrações de urânio e as razões de atividades 234U/238U nos granitóides e nas amostras de água foram determinadas pela técnica de espectrometria alfa, que requer uma alta purificação química do urânio. A rotina experimental adotada mostrou-se satisfatória, apresentando rendimentos químicos variando entre 28 e 96%. A comparação dos resultados com aqueles determinados por ICP-MS, em seis amostras, indicou bons níveis de exatidão, com erros relativos variando de 2,3 a 12,8% (média = 7±4%). A quantidade total de urânio lixiviado, normalizado pela área superficial da rocha submetida à lixiviação e também pela concentração deste elemento nos granitóides, variou significativamente de uma amostra para outra, indicando reações envolvendo diferentes fases minerais. As maiores quantidades de urânio foram lixiviadas nas primeiras etapas do experimento, apresentando em seguida decréscimo gradual (Continuação)(Continua) com estabilização da taxa de dissolução, exceto para um sienogranito da Intrusão Cabreúva. As razões de atividade 234U/238U determinadas nas águas indicaram desequilíbrio radioativo significativo, com valores variando entre 1,63 ± 0,02 e 2,9 ± 0,1, que indicam lixiviação preferencial do 234U. Esses enriquecimentos de 234U não foram causados por recuo alfa direto, mas devem-se à fragilização da rede cristalina dos minerais que contêm urânio e à mudança no estado de oxidação deste elemento de 4+ para 6+. As análises dos cátions presentes nas águas analisadas sugerem que plagioclásio e biotita foram os minerais que mais sofreram dissolução. Como os minerais acessórios (apatita, titanita e allanita) que concentram urânio estão associados com a biotita, a sua dissolução pode ter acarretado a mobilização deste elemento nessas fases, contudo, estudos adicionais são necessários para confirmar esta hipótese.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.02.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Helen Soares Borges da; MARQUES, Leila Soares. Estudo em laboratório da dinâmica dos isotópos de urânio no processo de interação rocha-água em granitóides do complexo de Itu (SP) /. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo,, 2012.
    • APA

      Silva, H. S. B. da, & Marques, L. S. (2012). Estudo em laboratório da dinâmica dos isotópos de urânio no processo de interação rocha-água em granitóides do complexo de Itu (SP) /. Universidade de São Paulo, São Paulo,.
    • NLM

      Silva HSB da, Marques LS. Estudo em laboratório da dinâmica dos isotópos de urânio no processo de interação rocha-água em granitóides do complexo de Itu (SP) /. 2012 ;
    • Vancouver

      Silva HSB da, Marques LS. Estudo em laboratório da dinâmica dos isotópos de urânio no processo de interação rocha-água em granitóides do complexo de Itu (SP) /. 2012 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022