Exportar registro bibliográfico

Análise do papel do sistema complemento na gênese dos danos renais causados por venenos da aranha Loxosceles (2012)

  • Authors:
  • Autor USP: OKAMOTO, CINTHYA KIMORI - BIOTECNOLOGIA
  • Unidade: BIOTECNOLOGIA
  • Subjects: ARANHAS; VENENOS DE ORIGEM ANIMAL; TOXINAS EM ANIMAL; HEMÓLISE ANIMAL; ATIVAÇÃO ENZIMÁTICA
  • Keywords: METALOPROTEASES; ESFINGOMIELINASE; SISTEMA COMPLEMENTO; LOXOSCELES INTERMEDIA; CELULAS RENAIS
  • Language: Português
  • Abstract: O envenenamento por aranhas Loxosceles pode resultar dois tipos de manifestações clínicas: o loxoscelismo cutâneo e o sistêmico. Hemólise, agregação plaquetária, inflamação persistente, falência renal e morte podem ser observados em pacientes com manifestações sistêmicas. Apesar da pouca incidência de vítimas com falência renal, esta é a principal causa de óbito, ocorrendo principalmente em crianças. O principal fator do veneno da aranha Loxosceles, responsável pelas manifestações locais e sistêmicas, é a esfingomielinase D. O presente estudo teve como objetivo investigar a ação tóxica do veneno de L. intermedia e das SMases D sobre células renais humanas, o possível envolvimento de metaloproteases endógenas e do sistema complemento neste processo. Os resultados obtidos mostram que tanto o veneno, como a SMase D, foram capazes de provocar morte celular, a qual foi relacionada a ativação de metaloproteases de matriz extracelular, MMP-2 e MMP-9 e, ainda, por ação lítica do complemento, após clivagem do MCP, por ação de metaloproteases da família das adamlisinas. A remoção de MCP permitiu ativação do Complemento, como determinado pelo aumento da deposição de C3 e C4 e da morte celular. Também foi observado um aumento na deposição do fator H e da properdina, mas não de C4bp após a tratamento das células com veneno/ SMase D. Diminuição na expressão das moléculas de superfície MHC-I, β2 microglobulina, EPCR e EGFR foi observada e está relacionada com a ativação de metaloproteases da família das adamlisinas.A expressão de outros reguladores do complemento, como DAF e CD59, não foi afetada pelo tratamento. Em conjunto, tais resultados mostram que o veneno e a SMase D induzem aumento na expressão/ativação de metaloproteases endógenas, operantes nos eventos de morte celular por apoptose e necrose, os quais podem ter um papel relevante para os danos renais presentes no loxoscelismo sistêmico humano.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.04.2012
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OKAMOTO, Cinthya Kimori; TAMBOURGI, Denise Vilarinho. Análise do papel do sistema complemento na gênese dos danos renais causados por venenos da aranha Loxosceles. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/87/87131/tde-01062012-092152/pt-br.php >.
    • APA

      Okamoto, C. K., & Tambourgi, D. V. (2012). Análise do papel do sistema complemento na gênese dos danos renais causados por venenos da aranha Loxosceles. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/87/87131/tde-01062012-092152/pt-br.php
    • NLM

      Okamoto CK, Tambourgi DV. Análise do papel do sistema complemento na gênese dos danos renais causados por venenos da aranha Loxosceles [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/87/87131/tde-01062012-092152/pt-br.php
    • Vancouver

      Okamoto CK, Tambourgi DV. Análise do papel do sistema complemento na gênese dos danos renais causados por venenos da aranha Loxosceles [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/87/87131/tde-01062012-092152/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021