Exportar registro bibliográfico

Tolerância ao calor em ovinos das raças Santa Inês, Dorper e Merino Branco (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: AMADEU, CLÁUDIA CAROLINE BARBOSA - FZEA
  • Unidades: FZEA
  • Sigla do Departamento: ZAZ
  • Subjects: ADAPTAÇÃO ANIMAL; BIOCLIMATOLOGIA ANIMAL; TEMPERATURA ANIMAL; OVINOS
  • Keywords: Adaptabilidade; Adaptability; Bioclimatologia; Bioclimatology; Estresse calórico; Heat stress; Termorregulação; Thermoregulation
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar a tolerância ao calor de ovinos de corte das raças Santa Inês, Dorper e Merino Branco através do teste de capacidade termolítica (exposição ao sol). Foram utilizadas um total de 97 fêmeas vazias, com idade média de 3 anos. O estudo decorreu no verão, onde foram registradas as variáveis fisiológicas temperatura retal (TR), temperatura superficial (TS), frequência respiratória (FR), mensuradas depois de duas horas sob a sombra (1), uma hora sob o sol (2), quinze (3) e trinta (4) minutos após a exposição ao sol, e a taxa de sudação (Sud), no tempo 2. Posteriormente foram realizadas observações de comportamento a pasto durante três dias, no período das 11 às 14 horas, para as variáveis: tempo ao sol; tempo em pé; pastejo/alimentação, ruminação e ócio. As médias de TR1 foram semelhantes para as ovelhas Santa Inês e Dorper e superior para as ovelhas Merino Branco (P<0,05). Para TR2, TR3 e TR4 as ovelhas da raça Merino Branco tiveram os maiores valores, seguidos das ovelhas da raça Santa Inês e com os menores aumentos de temperatura retal nas ovelhas da raça Dorper (P<0,05). Estes resultados refletiram na capacidade termolítica individual, sendo menor para a raça Santa Inês (P<0,05). Após exposição ao sol observaram-se diferenças entre as TS, sendo as da raça Merino Branco mais elevadas, seguidas pelas da raça Dorper e da Santa Inês (P<0,05). A raça Merino Branco apresentou as maiores FR, seguida das raças Dorper e Santa Inês, todasdiferentes entre si (P<0,05). Todos os animais expostos por uma hora ao sol apresentaram aumento nas TR, TS e FR (P<0,05), e se aproximaram dos níveis encontrados antes da exposição ao sol após trinta minutos de descanso sob a sombra (Santa Inês e Dorper P<0,05; Merino Branco P>0,05). A taxa média de sudação para as ovelhas da raça Santa Inês foi superior a encontrada para as ovelhas da raça Dorper (P<0,05). Houve diferença entre os animais dentro de cada raça (P<0,05), confirmando a hipótese de grande variabilidade entre os indivíduos e diferenças entre as raças. Com relação ao comportamento, as ovelhas da raça Santa Inês continuaram em pastejo mesmo nas horas mais quentes do dia, tendo sido encontrada uma correlação positiva de 0,64 entre a capacidade termolítica individual e o pastejo ao sol, enquanto as ovelhas da raça Dorper preferencialmente permaneceram à sombra devido ao manejo semiconfinado. No presente trabalho o tipo de manejo alimentar influenciou no tempo de uso da sombra. Sob as condições climáticas encontradas no experimento os animais estudados tiveram seus parâmetros fisiológicos alterados devido à exposição ao sol, e os animais das raças Dorper e Merino Branco mostraram maior capacidade termolítica do que os animais da raça Santa Inês, sendo este um fator que pode influenciar na tolerância ao calor individual
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.02.2012
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AMADEU, Cláudia Caroline Barbosa; TITTO, Evaldo Antônio Lencioni. Tolerância ao calor em ovinos das raças Santa Inês, Dorper e Merino Branco. 2012.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-23052012-090749/ >.
    • APA

      Amadeu, C. C. B., & Titto, E. A. L. (2012). Tolerância ao calor em ovinos das raças Santa Inês, Dorper e Merino Branco. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-23052012-090749/
    • NLM

      Amadeu CCB, Titto EAL. Tolerância ao calor em ovinos das raças Santa Inês, Dorper e Merino Branco [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-23052012-090749/
    • Vancouver

      Amadeu CCB, Titto EAL. Tolerância ao calor em ovinos das raças Santa Inês, Dorper e Merino Branco [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-23052012-090749/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020