Exportar registro bibliográfico

Reprodutibilidade intra e interobservador da biometria, peso fetal estimado pela ultrassonografia bidimensional e tridimensional e, dos índices vasculares power Doppler tridimensionais da placenta em mulheres gestantes de 25 a 38 semanas (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: LIMA, JAILSON COSTA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGO
  • Subjects: FETO; PESOS E MEDIDAS CORPORAIS; PLACENTA; ULTRASSONOGRAFIA DOPPLER
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo comparar a confiabilidade e concordância intra e interobservador do diâmetro biparietal (DBP), circunferência abdominal (CA), comprimento do fêmur (CF) e peso fetal estimado (PFE), obtidas por ultrassonografia bidimensional (US2D) e tridimensional (US3D). Avaliar e comparar a confiabilidade intra e interobservador dos índices vasculares power Doppler tridimensionais (3DPD) usando amostras esféricas únicas da placenta. Métodos Foram realizadas 3 avaliações (duas pelo primeiro observador intercaladas pela avaliação do segundo observador) de forma cega para determinar DBP, CA, CF por US2D e US3D, sendo o PFE determinado da fórmula de Hadlock em gestantes com feto único e idade gestacional entre 25 e 38 semanas. A contabilidade foi avaliada pelo coeficiente de correlação intraclasse; a concordância foi avaliada pelo método de Bland-Altman, proporções de diferenças abaixo de pontos de corte determinados de forma arbitrária foram: DBP e CF (≤0,15 em), CA (≤1,5cm) e PFE (≤ 200g e ≤10%), e comparação da diferença média. Foi considerado como diferença significativa p≤O.05. Para a análise da confiabilidade dos índices 3DPD da placenta, um observador adquiriu dois blocos 3DPD da placenta, intercalados pela aquisição do segundo observador. Os blocos 3DPD foram, então, analisados de forma independente, utilizando quatro diferentes métodos de amostragem esférica única: amostras aleatórias da placa basal a corial (aleatóriaBC) ou com 2 cm3 de volume (aleatória‘2cm POT. 3’); amostras da região subjetivamente com mais sinais Doppler colorido da basal à placa cortai (MVBC) ou com 2 ‘cm POT. 3’ de volume (‘MV2cm POT. 3’). Resultados: Foram avaliadas 102 gestantes de feto único com idade gestacional entre 25 semanas e 38 semanas e 3 dias, com média = 30,19 semanas. Os valores de ICC para as medidas realizadas por US3D foram mais altos que os valores observados para US2D, sendo aprincipal diferença no CF, com ICC para US2D, intra e interobservador, 0,989 e 0,987 e, para US3D, 0,996 e 0,996, respectivamente. Na avaliação da concordância, a US3D associou-se a limites de concordância mais estreitos e proporções significativamente maior de diferenças abaixo dos pontos arbitrários em todas as diferenças interobservadores, bem como nas diferenças intra-observador para o CF e CA. Quanto aos índices 3DPD da placenta, foram avaliadas 95 gestantes de feto único com idade gestacional entre 25 semanas e 38 semanas e 3 dias, com média = 30,08 semanas. Quanto à posição da placenta, observamos 44 anteriores (46,3%), 28 posteriores (29,5%), e 23 laterais ou fúndicas (24,2%); observaram-se menores valores de ICC para as placentas laterais e fatídicas, em comparação às de localização anterior e posterior. A maior confiabilidade observada foi para as amostras esféricas da placa basal a cortai no segmento mais vascularizado das placentas anteriores (intra- ICC= 0,68 e inter- ICC= 0,36) e posteriores (intra- ICC= 0,63 e inter- ICC= 0,46). Conclusão: a confiabilidade e concordância das medidas fetais e PFE foi melhor pela US3D comparado com a US2D. A maior diferença foi observada para o FL. Os índices vasculares 3DPD por amostra esférica única da placenta em gestantes depois de 24 semanas apresentaram fraca a moderada confiabilidade intra e interobservador
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.12.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LIMA, Jailson Costa; MAUAD FILHO, Francisco; MARTINS, Wellington de Paula Martins. Reprodutibilidade intra e interobservador da biometria, peso fetal estimado pela ultrassonografia bidimensional e tridimensional e, dos índices vasculares power Doppler tridimensionais da placenta em mulheres gestantes de 25 a 38 semanas. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Lima, J. C., Mauad Filho, F., & Martins, W. de P. M. (2011). Reprodutibilidade intra e interobservador da biometria, peso fetal estimado pela ultrassonografia bidimensional e tridimensional e, dos índices vasculares power Doppler tridimensionais da placenta em mulheres gestantes de 25 a 38 semanas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Lima JC, Mauad Filho F, Martins W de PM. Reprodutibilidade intra e interobservador da biometria, peso fetal estimado pela ultrassonografia bidimensional e tridimensional e, dos índices vasculares power Doppler tridimensionais da placenta em mulheres gestantes de 25 a 38 semanas. 2011 ;
    • Vancouver

      Lima JC, Mauad Filho F, Martins W de PM. Reprodutibilidade intra e interobservador da biometria, peso fetal estimado pela ultrassonografia bidimensional e tridimensional e, dos índices vasculares power Doppler tridimensionais da placenta em mulheres gestantes de 25 a 38 semanas. 2011 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021