Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação da expressão da Tumor-M2 íruvato quinase nos tumores epiteliais benignos e malignos do ovário (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAMARGO, ANA CAROLINA MARCHESINI DE - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: BIOMARCADORES; NEOPLASIAS OVARIANAS; DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL
  • Language: Português
  • Abstract: A hidrocefalia é uma síndrome resultante do desbalanço entre a formação e a absorção do líquido cerebroespinal e conseqüente acúmulo do mesmo no interior dos ventrículos cerebrais Clinicamente, as crianças as hidrocéfalas podem apresentar uma variada série de distúrbios neurológicos, nem sempre revertidos com o tratamento, mesmo após o desenvolvimento de mais e mais sofisticados sistemas de derivação liquórica. Aprofundados estudos são necessários, com o intuito de se estabelecer as alterações que são reversíveis com o alívio ou restabelecimento do sistema de circulação liquórica, e o estágio de evolução da hidrocefalia em que a recuperação funcional do tecido nervoso é ainda possivel. O objetivo deste trabalho foi desenvolver um sistema de derivação liquórica para ratos hidrocefálicos, e estudar as lesões ao encéfalo revertidas com o tratamento. Foram usados ratos lactentes submetidos à hidrocefalia pela injeção intracisternal de caulim aos 7 dias de vida. Após constatação da ventriculomegalia por ressonância magnética, parte dos animais era submetida à derivação ventrículo subcutânea. Os animais foram pesados diariamente, submetidos a testes de comportamento e a uma segunda ressonância magnética de encéfalo ao final do experimento (14 dias de hidrocefalia). A seguir, foram sacrificados e seus encéfalos foram processados para avaliação histopatológica, incluindo a avaliação da mielinização pela coloração por solocromo-cianina. Nos grupos controle (C), hidrocefalia (H), derivados ventrículo-subcutâneo funcionante (DVSF) e os derivados ventriculosubcutaneo não funcionante (DVSNF), os testes de comportamento e o ganho ponderal foram bons indicativos do avanço da ventriculomegalia, sendo que quanto piores o desempenho e o ganho ponderal, maior o tamanho ventricular. Os testes de comportamento e o ganho ponderal mostraram-se comprometidos pela hidrocefalia e melhoraramcom o tratamento com derivação liquórica. A transferência de magnetização na ressonância magnética forneceu informações sobre a gravidade da hidrocefalia, bem como do sucesso do tratamento por derivação liquórica. A avaliação histológica pelo método histoquímico por solocromo-cianina reforçou a idéia de que a hidrocefalia prejudica a mielinização das estruturas periventriculares e o tratamento com derivação liquórica ajuda a recuperar o processo de mielinização
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.12.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAMARGO, Ana Carolina Marchesini de; REIS, Francisco José Candido dos. Avaliação da expressão da Tumor-M2 íruvato quinase nos tumores epiteliais benignos e malignos do ovário. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Camargo, A. C. M. de, & REis, F. J. C. dos. (2011). Avaliação da expressão da Tumor-M2 íruvato quinase nos tumores epiteliais benignos e malignos do ovário. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Camargo ACM de, REis FJC dos. Avaliação da expressão da Tumor-M2 íruvato quinase nos tumores epiteliais benignos e malignos do ovário. 2011 ;
    • Vancouver

      Camargo ACM de, REis FJC dos. Avaliação da expressão da Tumor-M2 íruvato quinase nos tumores epiteliais benignos e malignos do ovário. 2011 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019