Exportar registro bibliográfico

Estudo do papel da Spartina alterniflora como espécie bioindicadora de contaminação por elementos traço no Complexo-Estuarino Lagunar de Cananéia-Iguape (SP) (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: STEIN, CARLOS EDUARDO - IO
  • Unidade: IO
  • Sigla do Departamento: IOF
  • Subjects: BIOQUÍMICA; BIOGEOQUÍMICA MARINHA
  • Language: Português
  • Abstract: O Complexo Estuarino-Lagunar de Cananéia-Iguape (CELCI) é um importante sistema que apresenta diferenças na estrutura hídrica entre o setor sul, Cananéia e o setor norte, onde se encontra a cidade de Iguape que possui o canal artificial do Valo Grande pelo qual desvia grande afluxo de água doce do rio Ribeira de Iguape para o Mar Pequeno. Ao longo do Ribeira de Iguape se desenvolveu a agricultura com culturas de arroz, café e banana e a atividade mineradora, principalmente de ouro, zinco e chumbo. O desvio do canal gerou grande aporte de água doce no sistema, alterando as características físico-químicas e tróficas, escoando junto, resíduos das atividades produtoras. Nos estudos de impactos dessa região é comum a utilização de matrizes como sedimento e água para verificar a saúde do sistema estuarino, assim o objetivo do trabalho é estudar a Spartina alterniflora como espécie bioindicadora de contaminação por elementos traço e metais pesados no setor sul e norte do CELCI. A gramínea se desenvolveu fisiologicamente bem nos dois setores e apresentou diferenças na concentração dos elementos K, Ca, Fe, Zn, Cr, Pb, Cd e Hg entre as partes vegetais subterrânea (raiz e rizóides) e aérea (folha e caule) e entre os setores norte e sul. O macro-elemento K concentrou principalmente na parte aérea, o Ca e os elementos traço Fe e Zn se concentram na área radicular. Os metais pesados Cr, Pb, Cd e Hg super concentraram na região radicular da gramínea mostrando essa estrutura como importante e complexa área vegetal de estudo devido sua estrutura em forma de cabeleira e está em contato direto com o sedimento. Os metais pesados encontrados principalmente na área radicular tiveram concentrações maiores no setor norte do CELCI, na cidade de Iguape, que historicamente sofreu com a abertura do canal artificial e as atividades produtoras. A Spartina se mostrou como potencial espécie vegetal bioindicadora de contaminação por(continua)(Continuação) elementos traço por ser uma planta halófita, perene, fixa em contato direto com sedimento e a água do corpo hídrico estuarino refletindo assim, as alterações ambientais principalmente na área radicular da planta.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.09.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      STEIN, Carlos Eduardo; SARAIVA, Elisabete de Santis Braga da Graça. Estudo do papel da Spartina alterniflora como espécie bioindicadora de contaminação por elementos traço no Complexo-Estuarino Lagunar de Cananéia-Iguape (SP). 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.
    • APA

      Stein, C. E., & Saraiva, E. de S. B. da G. (2011). Estudo do papel da Spartina alterniflora como espécie bioindicadora de contaminação por elementos traço no Complexo-Estuarino Lagunar de Cananéia-Iguape (SP). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Stein CE, Saraiva E de SB da G. Estudo do papel da Spartina alterniflora como espécie bioindicadora de contaminação por elementos traço no Complexo-Estuarino Lagunar de Cananéia-Iguape (SP). 2011 ;
    • Vancouver

      Stein CE, Saraiva E de SB da G. Estudo do papel da Spartina alterniflora como espécie bioindicadora de contaminação por elementos traço no Complexo-Estuarino Lagunar de Cananéia-Iguape (SP). 2011 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021