Exportar registro bibliográfico

Confiabilidade de coroas de dissilicato de lítio com diferentes espessuras sob fadiga (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: MARTINS, LEANDRO DE MOURA - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAP
  • Subjects: CERÂMICA; COROAS DENTÁRIAS; LÍTIO (QUÍMICA)
  • Language: Português
  • Abstract: Para avaliar a confiabilidade à fadiga de coroas de dissilicato de lítio E.max CAD, com 1mm (monolítica) e 2mm de espessura, foi realizado um preparo para coroa total de um primeiro molar inferior com redução de 1 e 2mm. Réplicas em resina composta do preparo baseado em desenho auxiliado pelo computador (CAD) foram posicionadas em um articulador odontológico para fabricação dos corpos de prova. As coroas monolíticas de 1mm de dissilicato de lítio CAD/CAM (DLM) e coroas de 2.0mm, com 1,5mm de espessura vestibular de dissilicato de lítio CAD/CAM e recoberta com 0.5mm de porcelana (DLV), foram comparadas com coroas de zircônia (Y-TZP) e metalocerâmica (MC). As réplicas de resina composta foram envelhecidas em água por 30 dias e todas coroas cimentadas com cimento resinoso. Após cimentadas, todos os corpos de prova foram envelhecidos em água por 7 dias e testados com carga única ou com fadiga acelerada progressiva. As cargas foram posicionadas na cúspide mésiovestibular (n=21 para cada sistema cerâmico). A probabilidade Weibull e os gráficos de probabilidade (Alta Pro, Reliasoft) foram calculados (Best data fit QCP) e plotados. A evolução da trinca foi acompanhada e os espécimes analisados após o teste. A menor confiabilidade foi observada para o grupo Y-TZP e não houve diferença estatística entre o grupo MC, DLM e DLV. O grupo DLV demonstrou a maior resistência característica (Eta). O modo de fratura do grupo Y-TZP foi a fratura da porcelana de cobertura sem exposição da infraestrutura. O grupo MC apresentou fraturas da porcelana com exposição do metal. Enquanto os grupos DLM e DLV tiveram fraturas catastróficas. Os grupos DLM e DLV apresentaram uma resposta à fadiga semelhante à do grupo MC e melhor que o grupo Y-TZP.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.10.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARTINS, Leandro de Moura; BONFANTE, Gerson. Confiabilidade de coroas de dissilicato de lítio com diferentes espessuras sob fadiga. 2011.Universidade de São Paulo, Bauru, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-21032012-160714/publico/LeandroMouraMartins.pdf >.
    • APA

      Martins, L. de M., & Bonfante, G. (2011). Confiabilidade de coroas de dissilicato de lítio com diferentes espessuras sob fadiga. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-21032012-160714/publico/LeandroMouraMartins.pdf
    • NLM

      Martins L de M, Bonfante G. Confiabilidade de coroas de dissilicato de lítio com diferentes espessuras sob fadiga [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-21032012-160714/publico/LeandroMouraMartins.pdf
    • Vancouver

      Martins L de M, Bonfante G. Confiabilidade de coroas de dissilicato de lítio com diferentes espessuras sob fadiga [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-21032012-160714/publico/LeandroMouraMartins.pdf


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021