Exportar registro bibliográfico

Uso de álcool, estresse no trabalho e fatores associados entre servidores técnicos-administrativos de uma universidade pública (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: LOPES, MIRIAM - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERP
  • Subjects: ESTUDOS TRANSVERSAIS; ÁLCOOL (USO); ESTRESSE PROFISSIONAL; SAÚDE OCUPACIONAL
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O uso problemático de álcool prejudica não só o indivíduo, mas a dimensão familiar, social e o ambiente de trabalho, bem como gera custos à sociedade. O ambiente de trabalho apresenta diversos fatores estressantes, como os relacionados às condições do trabalho e aos fatores psicossociais que são passíveis de influenciar no rendimento, na satisfação laboral e na saúde do trabalhador, os quais favorecem a presença de estresse ocupacional. Além dos riscos ocasionados pelo consumo de álcool no ambiente de trabalho, tais como acidentes ocupacionais e absenteísmo, o uso abusivo de álcool pode servir de estratégia de coping para o enfrentamento das situações estressantes no trabalho e, desta forma, aliviar o estresse ocupacional. Objetivos: Identificar a prevalência de consumo de álcool e testar sua associação com variáveis sociodemográficos, econômicos, de trabalho e de condições de saúde entre servidores públicos universitários. Material e Método: Trata-se de estudo epidemiológico, descritivoexploratório, tipo corte transversal do qual participaram 925 servidores técnicosadministrativos de uma universidade pública do interior do Estado de São Paulo. A coleta de dados foi realizada por meio da aplicação de três instrumentos: Questionário de dados sociodemográficos, econômicos e características do trabalho, Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT) e Job Stress Scale (JSS). Foram realizadas análise descritiva das características da amostra e Odds Ratio (OR) como medida de associação, estimado por meio das análises de regressão logística bivariada e multivariada, sendo utilizado o modelo hierarquizado criado para a entrada das variáveis. Para o controle das variáveis de confusão foram mantidas aquelas com p 0,20. Foram consideradas significantes as associações com p 0,05. Resultado: Maior incidência era do sexo feminino (54,92%), casados (65,84%), com idademédia de 43,08 anos, ensino superior completo (50,27%) e renda per capita média de R
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.12.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LOPES, Miriam; GHERARDI DONATO, Edilaine Cristina da Silva. Uso de álcool, estresse no trabalho e fatores associados entre servidores técnicos-administrativos de uma universidade pública. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-19012012-132453/ >.
    • APA

      Lopes, M., & Gherardi Donato, E. C. da S. (2011). Uso de álcool, estresse no trabalho e fatores associados entre servidores técnicos-administrativos de uma universidade pública. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-19012012-132453/
    • NLM

      Lopes M, Gherardi Donato EC da S. Uso de álcool, estresse no trabalho e fatores associados entre servidores técnicos-administrativos de uma universidade pública [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-19012012-132453/
    • Vancouver

      Lopes M, Gherardi Donato EC da S. Uso de álcool, estresse no trabalho e fatores associados entre servidores técnicos-administrativos de uma universidade pública [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-19012012-132453/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021