Exportar registro bibliográfico

Prevalência e fatores associados à cesariana na cidade de Aracaju, Sergipe, Brasil (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: MATTOS, MARIA CLÁUDIA TAVARES DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: S/D
  • Subjects: CESÁREA; PREVALÊNCIA; FATORES DE RISCO
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: analisar a prevalência e os fatores associados ao parto cesáreo em uma coorte de nascidos vivos na região metropolitana de Aracaju, SE, Nordeste do Brasil. Método: estudo de caráter observacional, analítico, de corte transversal, realizado na região metropolitana de Aracaju, constituída de quatro municípios: Aracaju, Barra dos Coqueiros, Nossa Senhora do Socorro e São Cristóvão. Foram aplicados questionários a uma amostra de 4746 puérperas de feto único nos hospitais de Aracaju, onde ocorre praticamente a totalidade dos partas da região metropolitana. Foram obtidas informações sobre município de procedência, idade, escolaridade e situação conjugal materna, renda familiar, tipo de internação para o parto, tipo de maternidade, número de gestações, cesárea e aborto prévios, adequação do prénatal, hipertensão na gestação atual, dia da semana e hora de nascimento. A associação dessas variáveis com o tipo de parto foi avaliada por meio de regressão logística múltipla. Resultados: 31,6% dos partas foram cesáreos. Os fatores que mais influenciaram para a decisão por cesárea foi a mulher já haver realizado duas ou mais cesáreas em parto anterior (OR: 83,35), uma cesárea anterior (OR: 24,85) e o aborto anterior relatado (OR: 1,33), excluidas as primiparas. A categoria de internação no sistema privado e a hipertensão na gravidez atual foram importantes fatores de risco (OR: 7,28; OR: 2,00, respectivamente) para cesariana. Foram fatores associados com menor frequência de cesáreas: a escolaridade materna até 4 anos de estudo (OR:0,62) e de 5 a 8 anos de estudo (OR:0,77), a idade materna jovem (OR: 0,50 para < 20 anos), a renda familiar de 1 ' 3 SM (OR:0,81), mães que não fizeram pré-natal (OR:0,46) ou fizeram pré-natal inadequado (OR:0,65), partas ocorridos aos sábados (OR:0,70) e entre 00:00 e 05:59 (OR:0,65) e mães com quatro gestações ou mais (OR:0,57). Conclusões: Conclui-seque fatores não médicos ofereceram risco para a ocorrência de cesáreas nesta população. Duas ou mais cesáreas prévias, aborto anterior e hipertensão arterial representaram os fatores médicos associados com a cesariana, além de serem os de maior prevalência
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.04.2010

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MATTOS, Maria Cláudia Tavares de; BETTIOL, Heloisa. Prevalência e fatores associados à cesariana na cidade de Aracaju, Sergipe, Brasil. 2010.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2010.
    • APA

      Mattos, M. C. T. de, & Bettiol, H. (2010). Prevalência e fatores associados à cesariana na cidade de Aracaju, Sergipe, Brasil. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Mattos MCT de, Bettiol H. Prevalência e fatores associados à cesariana na cidade de Aracaju, Sergipe, Brasil. 2010 ;
    • Vancouver

      Mattos MCT de, Bettiol H. Prevalência e fatores associados à cesariana na cidade de Aracaju, Sergipe, Brasil. 2010 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021