Exportar registro bibliográfico

Avaliação da somestesia e coordenação motora em crianças com distrofia muscular de Duchenne (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated author: MESQUITA, DENISE CALDEIRA TROISE - FM
  • School: FM
  • Sigla do Departamento: MCM
  • Subjects: DISTROFIA MUSCULAR; ATIVIDADE MOTORA; SISTEMA NERVOSO CENTRAL (ANORMALIDADES); CRIANÇAS
  • Keywords: Central nervous system/abnormalities; Child; Criança; Distrofia muscular de Duchenne; Duchenne muscular distrophy; Motor activity
  • Language: Português
  • Abstract: OBJETIVO: Pacientes com distrofia muscular de Duchenne apresentam alterações neuronais em regiões do sistema nervoso central como no giro pós-central e cerebelo. Para entender a sua influência sobre o controle motor, nós investigamos a somestesia e destreza manual, com e sem a informação visual. MÉTODO: Participaram deste estudo quarenta meninos com diagnóstico confirmado de distofia muscular de Duchenne (idade média = 9,68; DP = 2,23 anos), sem comprometimento dos membros superiores, e quarenta e nove meninos saudáveis (idade média = 8,14 anos; DP = 1,94 anos). Para avaliar a somestesia foi utilizado o teste de discriminação entre dois pontos e o teste de estereognosia, e para avaliar a destreza manual, foi utlilizado o Pick up test de Moberg com olhos abertos e olhos fechados e o teste do erro de localização. Os resultados foram submetidos pela análise de variância (ANOVA), sendo considerado estatisticamente significante p p<0,05. RESULTADOS: Os resultados demonstraram que em meninos com distrofia muscular de Duchenne, a estereognosia estava comprometida em ambas as mãos (p<0,001), no entanto não houve diferença significativa no teste de discriminação entre dois pontos (p=0,313) quando comparado aos meninos saudáveis. A destreza manual estava pior nos meninos com distrofia muscular de Duchenne quando dependia de informações somestésicas, ou seja, no Pick up test de Moberg de olhos fechados e no teste do erro de localização (p<0,001). INTERPRETAÇÃO: Os resultados demonstraram que a discriminação tátil estava intacta em meninos com distrofia muscular de Duchenne, sugerindo que a via sensorial não está prejudicada. Ao contrário, tarefas que envolviam a função cerebelar, ou seja, a percepção sensorial durante o reconhecimento ativo do objeto e o controle de alcançar e agarrar, estavam prejudicadas.Abordagens terapêuticas específicas devem ser delineadas para melhorar o controle motor e, portanto, a funcionalide de pessoas com distrofia muscular de Duchenne
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.02.2012
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MESQUITA, Denise Caldeira Troise; VILIBOR, Renata Hydee Hasue. Avaliação da somestesia e coordenação motora em crianças com distrofia muscular de Duchenne. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5163/tde-27022012-144535/ >.
    • APA

      Mesquita, D. C. T., & Vilibor, R. H. H. (2012). Avaliação da somestesia e coordenação motora em crianças com distrofia muscular de Duchenne. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5163/tde-27022012-144535/
    • NLM

      Mesquita DCT, Vilibor RHH. Avaliação da somestesia e coordenação motora em crianças com distrofia muscular de Duchenne [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5163/tde-27022012-144535/
    • Vancouver

      Mesquita DCT, Vilibor RHH. Avaliação da somestesia e coordenação motora em crianças com distrofia muscular de Duchenne [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5163/tde-27022012-144535/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020