Exportar registro bibliográfico

Influência do Imunofenótipo CD41/CD24 nos fatores prognósticos de Neoplasias malignas de glândulas salivares (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SOAVE, DANILO FIGUEIREDO - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPA
  • Subjects: NEOPLASIAS DAS GLÂNDULAS SALIVARES; MOLÉCULAS DE ADESÃO CELULAR; PROGNÓSTICO (FATORES); SOBREVIDA; IMUNOFENOTIPAGEM
  • Language: Português
  • Abstract: Os Tumores de Glândulas Salivares são neoplasias raras, apresentam grande diversidade histológica e difícil diagnóstico. A incidência das Neoplasias Malignas de Glândulas Salivares (NMGS) varia de 2,5 a 3,0 por 100 000 indivíduos/ano, representam de 3 a 6% dos cânceres de cabeça e pescoço e correspondem a 0,3% de todos os cânceres. Há evidências que células tumorais que expressam CD44 e CD24 apresentem comportamento de células-tronco. O CD44 é o principal sítio de ligação ao ácido hialurônico e o CD24 é um receptor que interage com a P-selectina, colaborando com processo de metástase e progressão tumoral. O presente estudo foi proposto para avaliar a influência da expressão de CD44 e CD24 no prognóstico e sobrevida das NMGS. As lesões foram classificadas como: Carcinoma Mucoepidermoide (16 casos (27,1%)), Carcinoma Adenoide Cistico (18 casos (30,5%)), Carcinoma de Células Acinares (4 casos (6,8%)), Adenocarcinoma NOS (8 casos (13,5%)), Adenocarcinoma de Células Basais (5 cases (8,4%)), Carcinoma Ex- Adenoma Pleomórfico (5 cases (8,4)), and Carcinoma de Ductos Salivares (3 cases (5,1%)). Neste trabalho a expressão de CD44 foi verificada em 41 casos (69,5%) enquanto, a expressão de CD24 foi observada em 9 casos (15,2%). Os casos foram agrupados seguindo os perfis CD44/CD24 da seguinte forma: 35 casos CD44±CD24 representando 59,3,% da amostra; 15 casos CD44/CD24 representando 25,4%; 6 casos CD44±CD24+ representando 10,1%; 3 casos CD44/CD24+ representando 5,1% da amostra. A expressão de CD44 e CD24 apresentou correlação positiva com as Glândulas salivares maiores (p = 0,006, p=0,05). O CD24 apresentou correlação com lesões T3/T4, (p=0,027) e com estadiamento III/IV (p=0,044). O perfil CD44±CD24+ mostrou relação com o sítio primário da lesão (p = 0,0001), recidiva loco-regional (p=0,009) e tumores T3/T4 (p = 0,017). A análise de Kaplan-Meier demonstrou uma relação significativa entre oestadiamento clínico e a sobrevida livre de doença (SLD) e a sobrevida global (SG) (p = 0,004 e p = 0,005) e a expressão do citoplasmática do CD24 apresentou relação negativa com a sobrevida livre da doença (p = 0,04). Na análise multivariada encontrou-se como parâmetros independentes para predizer a sobrevida livre da doença; os perfis CD44/CD24 (p=0,025, p-0,013, p=0,017), sítio primário da lesão (p=0,01), estadiamento clínico (p= 0,001), idade (p=0,02) e gênero (p=024). Nossos resultados confirmaram o estadiamento clínico como principal fator prognóstico para as lesões glandulares. Além disso, superem que a expressão citoplasmática de CD24 está associada à redução da SLD nas NMGS e o perfil CD44+CD24+ apresentou um comportamento mais agressivo quando comparados aos demais imunofenótipos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.10.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOAVE, Danilo Figueiredo; SILVA, Alfredo Ribeiro. Influência do Imunofenótipo CD41/CD24 nos fatores prognósticos de Neoplasias malignas de glândulas salivares. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Soave, D. F., & Silva, A. R. (2011). Influência do Imunofenótipo CD41/CD24 nos fatores prognósticos de Neoplasias malignas de glândulas salivares. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Soave DF, Silva AR. Influência do Imunofenótipo CD41/CD24 nos fatores prognósticos de Neoplasias malignas de glândulas salivares. 2011 ;
    • Vancouver

      Soave DF, Silva AR. Influência do Imunofenótipo CD41/CD24 nos fatores prognósticos de Neoplasias malignas de glândulas salivares. 2011 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020