Exportar registro bibliográfico

Impactos das doses e do parcelamento da fertilização na produtividade, lixiviação e ciclagem de nutrientes em plantações de eucalipto (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, PAULO HENRIQUE MÜLLER DA - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCF
  • Subjects: BIOMASSA; EUCALIPTO; FERTILIZAÇÃO; LIXIVIAÇÃO; NUTRIENTES
  • Language: Português
  • Abstract: No Brasil, está ocorrendo a expansão da área florestal plantada com espécies do gênero Eucalyptus, sendo que a elevada produtividade pode ser atribuída às pesquisas e melhorias operacionais introduzidas nas ultimas décadas. Nos experimentos realizados em diferentes regiões do Brasil, tem se observado maior incremento dos eucaliptos com o aumento das doses de fertilizantes. Mas o excesso ou a aplicação inadequada de fertilizantes gera freqüentemente o desperdício dos insumos e a lixiviação dos elementos, que podem contaminar o solo e o lençol freático. Portanto, foi objetivo deste trabalho analisar o efeito de doses, bem como do parcelamento da aplicação de fertilizantes na produtividade e na ciclagem de nutrientes em plantios de eucaliptos, além de avaliar a lixiviação de nitrogênio e potássio no solo, após a fertilização de cobertura parcelada em comparação à aplicação em dose única, três meses após o plantio. O experimento foi implantado no município de Anhembi-SP, sendo constituído por cinco tratamentos com a aplicação de doses crescentes e eqüidistantes de N, P e K com a aplicação da fertilização de cobertura (N e K) em 4 parcelas e por um tratamento com fertilização de cobertura aplicada em dose única, três meses após o plantio. Foram avaliados o incremento volumétrico e a produção da biomassa aérea e radicular das árvores, as concentrações e os estoques de nutrientes nos eucaliptos (mineralomassas), a eficiência do uso dos nutrientes, a transferência de nutrientes dasárvores para o solo através da produção de folhedo (ciclo biogeoquímico), a ciclagem interna dos nutrientes (ciclo bioquímico), bem como o fluxo de água e a lixiviação do N e K no solo nas profundidades de 20 e 90 cm. Os eucaliptos responderam positivamente ao aumento das doses de fertilizantes, principalmente na fase inicial, apresentando maior produtividade (altura, volume e biomassa). O tratamento com a maior dose obteve, aos 24 meses de idade, 105 t ha-1 de biomassa total, sendo 48% superior ao tratamento sem fertilização, com apenas 71 t ha-1. Entretanto o efeito das maiores doses de fertilizantes foi mais acentuado na fase inicial do crescimento, até os 12 meses de idade. Ocorreu a atenuação do incremento ao longo do tempo, sendo que aos 24 meses não foram observadas diferenças significativas entre os tratamentos com a aplicação de doses de fertilizantes. A fertilização também propiciou maior acúmulo de nutrientes (mineralomassa) nos componentes das árvores (folhas, galhos, lenho, casca e raízes) e maior transferência de nutrientes para o solo, através do folhedo. Assim, os eucaliptos com a adição das doses mais elevadas de fertilizantes devolveram ao solo, via folhedo, aproximadamente 50 kg ha-1 ano-1 de N, 20 kg ha-1 ano-1 de K e 80 kg ha-1 ano-1 de Ca, enquanto o tratamento sem fertilização transferiu para o solo apenas 25 kg ha-1 ano-1 de N, 6,5 kg ha-1 ano-1 de K e 47 kg ha-1 ano-1 de Ca, no período entre 12 a 24 meses de idade. Foi observado que os eucaliptoscom menor disponibilidade de nutrientes foram mais eficientes no uso do N e K. Não foram observadas diferenças significativas na produção de biomassa lenhosa entre os tratamentos com aplicação da fertilização de cobertura de forma parcelada ou em dose única, sendo observado maior lixiviação do N e do K, aos 90 cm de profundidade, com a aplicação em dose única
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.12.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Paulo Henrique Müller da; POGGIANI, Fabio. Impactos das doses e do parcelamento da fertilização na produtividade, lixiviação e ciclagem de nutrientes em plantações de eucalipto. 2011.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-14022012-102542/ >.
    • APA

      Silva, P. H. M. da, & Poggiani, F. (2011). Impactos das doses e do parcelamento da fertilização na produtividade, lixiviação e ciclagem de nutrientes em plantações de eucalipto. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-14022012-102542/
    • NLM

      Silva PHM da, Poggiani F. Impactos das doses e do parcelamento da fertilização na produtividade, lixiviação e ciclagem de nutrientes em plantações de eucalipto [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-14022012-102542/
    • Vancouver

      Silva PHM da, Poggiani F. Impactos das doses e do parcelamento da fertilização na produtividade, lixiviação e ciclagem de nutrientes em plantações de eucalipto [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-14022012-102542/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020