Exportar registro bibliográfico

Uso prolongado da voz em professoras universitárias: uma questão de saúde do trabalhador (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated author: ALVES, LILIANA AMORIM - EERP
  • School: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: ENFERMAGEM FUNDAMENTAL; SAÚDE OCUPACIONAL
  • Keywords: Esforço vocal; faculty; Fadiga vocal; Prolonged use of voice; Uso prolongado da Voz; vocal fatigue; vocal strain; worker's health
  • Language: Português
  • Abstract: Professores possuem predisposição a desenvolver alterações vocais em relação aos demais trabalhadores que utilizam a voz como instrumento de trabalho. Em geral, eles não apresentam preparo para utilizar a voz, o que pode acarretar o aparecimento de patologias associadas ao uso vocal prolongado e excessivo. O uso prolongado da voz, de modo inadequado, pode acarretar distúrbios da voz relacionados ao trabalho. O objetivo do presente estudo foi analisar o uso prolongado da voz em professoras universitárias em situações de repouso, 30 minutos, 60 minutos e 90 minutos e comparar a intensidade vocal, a análise acústica e a análise perceptivo-auditiva da voz. Trata-se de uma pesquisa quantitativa, com análise comparativa dos dados de delineamento transversal, descritivo. Participaram do estudo 17 docentes, do sexo feminino com idade mínima de 31 anos e máxima de 47 anos pertencentes a uma Instituição de Ensino Superior. Todos os participantes foram submetidos a captura da intensidade vocal habitual, mínima e máxima e gravação da emissão da vogal /a/ prolongada; também, realizaram a leitura de um texto padronizado de higiene vocal para posterior extração dos parâmetros perceptivo-auditivos e acústicos. Os registros foram capturados nas situações de repouso, 30, 60 e 90 minutos da prova de uso prolongado da voz, que foi realizada no tempo máximo de uma hora e meia. A análise acústica revelou elevação nas medidas de frequência fundamental (p= 0,01) e proporção harmônico ruído (p= 0,05). A análise perceptivo-auditiva da GIRBAS entre os experts fonoaudiólogos revelou concordância e disconcordância estatística durante as situações de uso prolongado da voz. Foram concordantes nas situações de repouso (instabilidade, rugosidade, soprosidade, astenia e tensão) e o parâmetro vocal loudness; 30 minutos (todos os parâmetros foram concordantes) 60 minutos (rugosidade, soprosidade,rugosidade, soprosidade, astenia e tensão) e o parâmetro vocal loudness; 30 minutos (todos os parâmetros foram concordantes) 60 minutos (rugosidade, soprosidade, astenia e tensão); 90 minutos (soprosidade, astênia e tensão) e nos parâmetros vocais loudness e pitch. E os discordantes nas situações de repouso (Grau Geral) e o parâmetro vocal loudness, 60 minutos (Grau Geral e instabilidade), 90 minutos (Grau Geral, instabilidade e rugosidade). As medidas de extensão vocal e intensidade vocal habitual, mínima e máxima também não revelaram alterações significativas após o uso prolongado da voz. Deste modo, concluiu-se que o uso prolongado da voz em professoras universitárias não promoveu alterações significativas quanto a intensidade vocal e extensão dinâmica, havendo redução dos parâmetros perceptivo-auditivos ao longo do uso da voz. Entretanto, a análise acústica apresentou elevação dos parâmetros frequência fundamental e proporção harmônico ruído
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.12.2011
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALVES, Liliana Amorim; ROBAZZI, Maria Lúcia do Carmo Cruz; RICZ, Lilian Neto Aguiar. Uso prolongado da voz em professoras universitárias: uma questão de saúde do trabalhador. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-19012012-111538/ >.
    • APA

      Alves, L. A., Robazzi, M. L. do C. C., & Ricz, L. N. A. (2011). Uso prolongado da voz em professoras universitárias: uma questão de saúde do trabalhador. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-19012012-111538/
    • NLM

      Alves LA, Robazzi ML do CC, Ricz LNA. Uso prolongado da voz em professoras universitárias: uma questão de saúde do trabalhador [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-19012012-111538/
    • Vancouver

      Alves LA, Robazzi ML do CC, Ricz LNA. Uso prolongado da voz em professoras universitárias: uma questão de saúde do trabalhador [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-19012012-111538/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020