Exportar registro bibliográfico

A incidência de sintomas depressivos em idosos que foram hospitalizados por acidente vascular cerebral (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FREITAS, CIBELE PERONI - EERP
  • Unidades: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: SAÚDE DO IDOSO; ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL; DEPRESSÃO (PREVENÇÃO E CONTROLE); CAPACIDADE FUNCIONAL (AVALIAÇÃO)
  • Keywords: Aged; Cerebrovascular Accident; Community; Comunidade; Depressive Symptoms; Functional Capacity
  • Language: Português
  • Abstract: O Brasil é um país em que o número de idosos tem crescido vertiginosamente e com isso ocorrem mudanças no perfil demográfico, socioeconômico e epidemiológico. As doenças crônicas assumem posição de destaque, dentre elas o Acidente Vascular Cerebral - AVC. O objetivo foi determinar a incidência de sintomas depressivos em idosos que foram hospitalizados por AVC, após a alta hospitalar. Trata-se de um estudo observacional e prospectivo com abordagem quantitativa. Foram entrevistados 48 idosos (60 anos ou mais) residentes na comunidade de cidades do interior paulista, que sofreram AVC e foram internados em um hospital terciário. A coleta dos dados foi realizada através de visitas domiciliares em duas etapas (após três e seis meses do AVC), no período de maio de 2010 a março de 2011. O instrumento de coleta de dados foi composto por dados demográficos e socioeconômicos, Mini-Exame do Estado Mental (MEEM), Atividades Instrumentais da Vida Diária (AIVD), Medida de Independência Funcional (MIF), presença de comorbidades e Escala de Depressão Geriátrica (GDS). A média de idade foi de 72,4 (±7,5) anos, com predominância do sexo masculino (56,2%). A maioria era composta por idosos casados, com média de 3,4 anos de estudo, 75% tinham renda familiar maior que um salário mínimo, 89,6% moravam acompanhados e 56,3% possuíam cinco ou mais morbidades. O tipo de AVC mais prevalente foi o isquêmico (81,2%), com maior comprometimento do lado esquerdo do cérebro. Com relação à Capacidade Funcional (CF), houve um aumento da média da MIF do terceiro para o sexto mês, ou seja, os idosos se tornaram mais independentes nesse quesito. Com as AIVD ocorre o contrário, os idosos se tornam mais dependentes na segunda avaliação. Os idosos do sexo masculino se tornaram menos depressivos, enquanto as idosas sofreram mais desses sintomas após seis meses do AVC. Embora o AVC seja a primeira causa de morte no país e também o grande responsável pelasincapacidades (físicas e emocionais) e internações hospitalares, estudos sobre a morbidade ainda é escasso. O intuito desse trabalho é o de apresentar essas consequências e os sintomas depressivos, os quais podem ser prevenidos com avaliação e intervenção de equipe interdisciplinar
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.12.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FREITAS, Cibele Peroni; RODRIGUES, Rosalina Aparecida Partezani. A incidência de sintomas depressivos em idosos que foram hospitalizados por acidente vascular cerebral. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-19012012-104516/ >.
    • APA

      Freitas, C. P., & Rodrigues, R. A. P. (2011). A incidência de sintomas depressivos em idosos que foram hospitalizados por acidente vascular cerebral. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-19012012-104516/
    • NLM

      Freitas CP, Rodrigues RAP. A incidência de sintomas depressivos em idosos que foram hospitalizados por acidente vascular cerebral [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-19012012-104516/
    • Vancouver

      Freitas CP, Rodrigues RAP. A incidência de sintomas depressivos em idosos que foram hospitalizados por acidente vascular cerebral [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-19012012-104516/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020