Exportar registro bibliográfico

Avaliação do comportamento defensivo de imobilidade tônica e da nocicepção após lesões restritas em estruturas do sistema cerebral aversivo (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RASTELI, EVELINE BIS VIEIRA - FFCLRP
  • Unidades: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: COMPORTAMENTO DEFENSIVO ANIMAL; NOCICEPTORES; SUBSTÂNCIA CINZENTA PERIAQUEDUTAL; AMÍGDALA DO CEREBELO; HIPOTÁLAMO; MEDO
  • Language: Português
  • Abstract: O comportamento de imobilidade tônica (IT) é uma resposta defensiva inata, exibida pela presa quando o contato físico com o predador é prolongado e a situação inescapável. Esta resposta é caracterizada por profunda inibição motora e emitida em situação de medo intenso. No estudo das respostas comportamentais defensivas evidências demonstram que a ativação simultânea de um sistema antinociceptivo é essencial para que o animal realize a resposta comportamental de defesa adequadamente. Isto porque no caso da ocorrência de lesões corporais durante os confrontos, por exemplo, entre presa-predador, a emissão de comportamentos recuperativos pode interferir na resposta defensiva. Nesta perspectiva, alguns estudos sobre o substrato neural envolvido na modulação da resposta de IT demonstram que estruturas do sistema nervoso central podem regular simultaneamente a resposta de IT e a nocicepção. Desta maneira, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de lesões químicas, por meio da administração de ácido ibotênico em áreas encefálicas restritas que compõe o sistema cerebral aversivo de cobaias sobre a resposta comportamental de IT e sobre a nocicepção avaliada pelo teste da placa quente antes e após a emissão da IT. Os dados deste trabalho mostraram que a lesão química irreversível da coluna ventrolateral da SCP promoveu redução da resposta de IT em cobaias, bem como da antinocicepção defensiva. Por outro lado, das demais distintas áreas que compõem o Sistema Cerebral Aversivo, apenas a lesão bilateral do hipotálamo medial promoveu alteração da resposta de IT, enquanto que a lesão da SCP dorsal, do colículo superior, e dos núcleos central e medial da amígdala bloquearam a antinocicepção defensiva induzida pela IT. Assim, pode-se aventar a hipótese de que os substratos neurais responsáveis pelo comportamento defensivo e pela antinocicepção representem sistemas motivacionais semelhantes,mas de modulação distinta. Sendo que na SCP ventrolateral há intima correlação entre a modulação da resposta defensiva de IT e a antinocicepção defensiva desencadeado por este comportamento. Por outro lado, na SCP dorsal, no colículo superior, no hipotálamo medial e nos núcleos central e medial da amígdala estes processos (comportamento defensivo de IT e antinocicepção defensiva) são modulados de forma independente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.10.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RASTELI, Eveline Bis Vieira; PANISSI, Christie Ramos de Andrade Leite. Avaliação do comportamento defensivo de imobilidade tônica e da nocicepção após lesões restritas em estruturas do sistema cerebral aversivo. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Rasteli, E. B. V., & Panissi, C. R. de A. L. (2011). Avaliação do comportamento defensivo de imobilidade tônica e da nocicepção após lesões restritas em estruturas do sistema cerebral aversivo. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Rasteli EBV, Panissi CR de AL. Avaliação do comportamento defensivo de imobilidade tônica e da nocicepção após lesões restritas em estruturas do sistema cerebral aversivo. 2011 ;
    • Vancouver

      Rasteli EBV, Panissi CR de AL. Avaliação do comportamento defensivo de imobilidade tônica e da nocicepção após lesões restritas em estruturas do sistema cerebral aversivo. 2011 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020