Exportar registro bibliográfico

Remoção de matéria orgânica carbonácea e nitrogênio em Reator Aeróbio-Anóxico de Leito Fixo (RAALF) aplicado ao pós-tratamento de efluente de reator anaeróbio (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PANTOJA FILHO, JORGE LUIS RODRIGUES - EESC
  • Unidades: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: ESGOTOS SANITÁRIOS; NITRIFICAÇÃO; DESNITRIFICAÇÃO; BIOGÁS
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho apresenta o Reator Aeróbio-Anóxico de Leito Fixo (RAALF), constituído de duas câmaras sobrepostas, como uma alternativa ao pós-tratamento de efluentes de reatores anaeróbios com vistas à remoção de matéria orgânica carbonácea e nitrogênio. Como material suporte, foram utilizados cubos de espuma de poliuretano com aresta de 5 mm. Foram realizados ensaios de caracterização hidrodinâmica no RAALF para obtenção do padrão de escoamento. Também foi verificada a viabilidade da utilização de biogás como doador de elétrons para a desnitrificação. Avaliou-se a influência da variação do tempo de detenção hidráulica e da diferente composição e concentração biogás do nos processos. O RAALF foi operado a uma temperatura de 30±2°C. Os resultados obtidos a partir dos estudos hidrodinâmicos indicaram que o escoamento do reator tende a pistonado. A nova configuração de reator permitiu a ocorrência dos processos de interesse, seja remoção de matéria orgânica carbonácea (com eficiências de até 98%), seja remoção de nitrogênio via nitrificação-desnitrificação (com eficiências acima de 90%). A utilização de biogás na desnitrificação mostrou-se viável e a taxa de desnitrificação foi maior na sub-condição 2.2 (média de 178±43 g-N/'M POT.3'.dia), etapa na qual o doador sulfeto de hidrogênio foi fornecido em alta concentração (50 g'M POT.3'). Foi possível detectar intermediário (metanol) a partir da oxidação parcial do metano, ainda que de forma inconstante. Resultados de atividade desnitrificante e número mais provável evidenciaram a coexistência da desnítrificação autotrófica e heterotrófica na câmara anóxica. O reator mostrou capacidade adicional como um sistema de tratamento de gases, atingindo eficiência de remoção de 100% para o 'H IND.2'S' e acima de 60% para o 'CH IND.4'. De maneira geral, os resultados demonstram o potencialdo RAALF como alternativa para pós-tratamento de esgoto sanitário de efluentes de reatores anaeróbios
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.07.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PANTOJA FILHO, Jorge Luis Rodrigues; FORESTI, Eugenio. Remoção de matéria orgânica carbonácea e nitrogênio em Reator Aeróbio-Anóxico de Leito Fixo (RAALF) aplicado ao pós-tratamento de efluente de reator anaeróbio. 2011.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-08022012-105734/pt-br.php >.
    • APA

      Pantoja Filho, J. L. R., & Foresti, E. (2011). Remoção de matéria orgânica carbonácea e nitrogênio em Reator Aeróbio-Anóxico de Leito Fixo (RAALF) aplicado ao pós-tratamento de efluente de reator anaeróbio. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-08022012-105734/pt-br.php
    • NLM

      Pantoja Filho JLR, Foresti E. Remoção de matéria orgânica carbonácea e nitrogênio em Reator Aeróbio-Anóxico de Leito Fixo (RAALF) aplicado ao pós-tratamento de efluente de reator anaeróbio [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-08022012-105734/pt-br.php
    • Vancouver

      Pantoja Filho JLR, Foresti E. Remoção de matéria orgânica carbonácea e nitrogênio em Reator Aeróbio-Anóxico de Leito Fixo (RAALF) aplicado ao pós-tratamento de efluente de reator anaeróbio [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-08022012-105734/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020