Exportar registro bibliográfico

Seleção e produção de fragmentos de anticorpos monoclonais humanos (scFv) pela tecnologia de Phage Display capazes de inibir a proliferação de células T in vitro (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: BERTOLINI, THAÍS BARBOZA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Subjects: CLONAGEM; TRANSPLANTE DE ÓRGÃOS; LINFÓCITOS T
  • Language: Português
  • Abstract: A resposta imune é a principal responsável pela rejeição de transplantes, sendo considerada um grande obstáculo para o desenvolvimento terapêutico desta área. Apesar das inúmeras estratégias imunossupressoras, tais como drogas e anticorpos, que auxiliam na terapia pós-transplante, diversos efeitos colaterais incluindo imunossupressão, aumento da suscetibilidade a doenças, hipertensão arterial, náuseas e diarréia, ainda são recorrentes. Além disso, os anticorpos utilizados atualmente são heterólogos, quiméricos ou humanizados, sendo constituídos de moléculas completas de anticorpos, por isso podem ocasionar complicações indesejáveis. Essas moléculas, por serem reconhecidas como estranhas, podem ativar o sistema complemento, células do sistema imune, induzir citotoxicidade celular mediada por anticorpos e hipersensibilidades como anafilaxia e Doença do Soro. Assim, a produção de fragmentos de anticorpos humanos pela tecnologia de Phage Display apresenta-se como uma alternativa, pois os fragmentos de anticorpos produzidos são humanos, o que diminui a possibilidade de estimularem a produção de anticorpos anti-lg e induzir reações de hipersensibilidade. Também, por se tratarem de moléculas pequenas que não possuem a região Fc da molécula de anticorpo, não são capazes de desencadear mecanismos efetores do sistema imune, como ativação do complemento e de células mononucleares. No presente estudo foi realizada a produção de fragmentos de anticorpos monoclonais humanos (scFv) capazes de inibir a proliferação de células T, utilizando a biblioteca Griffin 1. Realizou-se um total de três turnos de seleção, sendo que os fagos-anticorpos de cada turno foram analisados por ELISA para a escolha do turno com maior título de fagos-anticorpos reconhecedores de antígenos da superfície de células T. Os três turnos apresentaram positividade a antígenos da superfície de células T, mas apenas dois turnosforam utilizados para a produção de fagos-anticorpos monoclonais. Os quatro clones, que apresentaram alta afinidade no ensaio de ELISA, (1D, 11H, 1G e 5C) foram utilizados para infectar E. coli HB2151, a qual produz fragmentos de anticorpos humanos solúveis. Testes visando à inibição da proliferação de células T periféricas foram realizados utilizando fragmentos de anticorpos monoclonais purificados e os quatro fragmentos demonstram-se hábeis em inibir significativamente a proliferação de linfócitos. Verificou-se, também, que os quatro fragmentos de anticorpos foram capazes de promover citotoxicidade celular em ensaio de viabilidade. Entre os quatro fragmentos de anticorpos, o 1D foi utilizado em ensaio de detecção de morte celular e mostrou-se capaz de induzir apoptose nas células. Sugerindo, assim, um possível mecanismo pelo qual esses fragmentos inibem a proliferação linfocitária
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.07.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BERTOLINI, Thaís Barboza; BARBOSA, José Elpidio. Seleção e produção de fragmentos de anticorpos monoclonais humanos (scFv) pela tecnologia de Phage Display capazes de inibir a proliferação de células T in vitro. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Bertolini, T. B., & Barbosa, J. E. (2011). Seleção e produção de fragmentos de anticorpos monoclonais humanos (scFv) pela tecnologia de Phage Display capazes de inibir a proliferação de células T in vitro. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Bertolini TB, Barbosa JE. Seleção e produção de fragmentos de anticorpos monoclonais humanos (scFv) pela tecnologia de Phage Display capazes de inibir a proliferação de células T in vitro. 2011 ;
    • Vancouver

      Bertolini TB, Barbosa JE. Seleção e produção de fragmentos de anticorpos monoclonais humanos (scFv) pela tecnologia de Phage Display capazes de inibir a proliferação de células T in vitro. 2011 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021