Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento de um biomaterial composto de poliuretano e microfibra de biovidro 45S5 em gradiente funcional para reparo de cartilagem articular: estudos in vitro e in vivo (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: LAURENTI, KAREN CRISTINA - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SEM
  • Subjects: BIOMATERIAIS (DESENVOLVIMENTO); CARTILAGEM ARTICULAR
  • Language: Português
  • Abstract: A cartilagem articular é um tema amplamente discutido na literatura por meio de vários estudos e pesquisas. Com o presente estudo, busca-se uma proposta inovadora e original no uso de um biomaterial composto e o desenvolvimento de uma cartilagem artificial que aja como coxim elástico, apresentando caracteristicas de gel fibro-reforçado com finalidade biomimética mecânica que imite o comportamento da cartilagem articular. Foi conceituado um implante que tivesse uma superficie tribológica para contato com a cartilagem do platô tibial e gradualmente se convertesse em região osteo-integrável para fixação mecânica no osso subcondral. Foi desenvolvido um biomaterial composto por poliuretano e microfibra de biovidro 45S5 em gradiente funcional que foi obtido e validado através de ensaios in vitro, microscopia eletrônica de varredura e análise histológica. Nos testes in vitro seja na condição de citotoxicidade direta ou indireta, notou-se que a quantidade de células foi estatisticamente semelhante ao controle negativo, e estatisticamente diferente do controle positivo indicando que o biomaterial composto de poliuretano e microfibra de biovidro 45S5 apresentou não toxicidade direta ou indireta da amostra e ainda promoveram o crescimento e o espalhamento celular, resultados que o habilitaram para a continuidade nos estudos com experimentos in vivo com coelhos. O material foi manufaturado para aplicação em defeitos osteocondrais de coelhos medindo 3 mm de diâmetro e 4 mm de profundidade que foi realizado na região central da tróclea femoral. Após períodos experimentais de 15, 30 e 90 dias as análises de microscopia eletrônica de varredura mostrou na região distal da superficie tribológica uma neo-formação de uma estrutura semelhante as trabéculas ósseas que foi considerada biomimética confirmadas por análises histológicas,e na região proximal à superficie tribológica a presença de tecido fibrocartilaginoso com condrócitos e ricamente vascularizado, validando com sucesso o conceito proposto para o implante
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.09.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LAURENTI, Karen Cristina; FORTULAN, Carlos Alberto. Desenvolvimento de um biomaterial composto de poliuretano e microfibra de biovidro 45S5 em gradiente funcional para reparo de cartilagem articular: estudos in vitro e in vivo. 2011.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18146/tde-02032012-175916/pt-br.php >.
    • APA

      Laurenti, K. C., & Fortulan, C. A. (2011). Desenvolvimento de um biomaterial composto de poliuretano e microfibra de biovidro 45S5 em gradiente funcional para reparo de cartilagem articular: estudos in vitro e in vivo. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18146/tde-02032012-175916/pt-br.php
    • NLM

      Laurenti KC, Fortulan CA. Desenvolvimento de um biomaterial composto de poliuretano e microfibra de biovidro 45S5 em gradiente funcional para reparo de cartilagem articular: estudos in vitro e in vivo [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18146/tde-02032012-175916/pt-br.php
    • Vancouver

      Laurenti KC, Fortulan CA. Desenvolvimento de um biomaterial composto de poliuretano e microfibra de biovidro 45S5 em gradiente funcional para reparo de cartilagem articular: estudos in vitro e in vivo [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18146/tde-02032012-175916/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021