Exportar registro bibliográfico

Significados da reabilitação: perspectivas de um grupo de pacientes que sofreu queimaduras e de seus familiares (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated author: CARVALHO, FERNANDA LOUREIRO DE - EERP
  • School: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: REABILITAÇÃO; QUEIMADURAS; ETNOGRAFIA
  • Keywords: Anthropology Cultural; Burns; Rehabilitation
  • Language: Português
  • Abstract: A reabilitação pós-queimadura caracteriza-se pela busca da recuperação das funções e da aparência e pela retomada das atividades diárias. O sujeito atribui significados diversos à experiência, refletindo aspectos da dimensão complexa que integra sua vida: afetiva, social, econômica, natural e sobrenatural. Os objetivos deste estudo foram compreender o significado da reabilitação na perspectiva dos sujeitos, vítimas de queimaduras, e de seus familiares; identificar as prioridades estabelecidas para suas vidas e delimitar os principais elementos acionados para o enfrentamento da reabilitação. O referencial teórico baseou-se na Antropologia Interpretativa pela busca da compreensão da experiência vivida do ponto de vista dos participantes, pela articulação entre cultura, saúde e doença e pelos modelos explicativos (disease, illness, sickness) utilizados no adoecimento-reabilitação. A etnografia foi o método utilizado por proporcionar o estudo das pessoas no ambiente natural; permitir ao pesquisador observações do fenômeno no contexto onde ele ocorre e descrever densamente o universo de crenças e práticas de saúde, significados sociais e atividades cotidianas do sujeito, favorecendo a compreensão do comportamento de saúde e doença e do modo de vida desse sujeito. Participaram deste estudo 16 sujeitos, sendo 11 vítimas de queimaduras, adultos, com idades entre 25 e 67 anos, moradores de Ribeirão Preto/SP, que estiveram internados na Unidade de Queimados do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto e que atendiam aos critérios de inclusão estabelecidos e cinco familiares desses pacientes que demonstraram interesse em participar. As visitas domiciliares aconteceram de um ano e seis meses até três anos, após o trauma. Todos os participantes apresentaram sequelas visíveis estéticas e funcionais, em consequência da queimadura, e se encontravam emacompanhamento pela equipe. As técnicas usadas para coleta dos dados foram: observação direta e entrevista semiestruturada. Os dados coletados foram analisados separadamente, comparados entre si, visando a identificar as semelhanças e divergências. Os temas identificados foram: O impacto da queimadura: ruptura no processo de vida; Alteração no senso de identidade: "convivendo" com a queimadura e A Família: compartilhando e participando da experiência da reabilitação pós-queimadura. O primeiro tema inclui: conscientização das sequelas físicas e psicológicas; repercussão da alteração na aparência e no humor; percepção negativa da autoimagem e autoestima; revelação da perda da identidade e percepção do estigma sofrido na reabilitação. O segundo inclui a experiência da alteração ou intensificação dos vínculos e conflitos preexistentes; alteração na sexualidade, nas rotinas de lazer, na capacidade para o trabalho e no sentido de autoeficácia. O terceiro inclui a percepção dos familiares das sequelas nos aspectos alterados: físicos, psicológicos, sociais e na capacidade para o trabalho; o apoio ao cotidiano e os recursos (financeiros, emocionais e instrumentais) considerados importantes para a reabilitação. O trabalho em conjunto da equipe de saúde, família e rede social deve focalizar as necessidades que os sujeitos identificam para tornar possível a reabilitação. A interação família-sujeitoequipe possibilitará compreender condutas, crenças e valores relacionados ao adoecimento e cuidado à queimadura e ampliará a comunicação entre equipe e sujeitos, com repercussões positivas na qualidade da assistência, pois os objetivos serão construídos nessa coparticipação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.10.2011
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Fernanda Loureiro de; ROSSI, Lidia Aparecida. Significados da reabilitação: perspectivas de um grupo de pacientes que sofreu queimaduras e de seus familiares. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-28112011-162049/ >.
    • APA

      Carvalho, F. L. de, & Rossi, L. A. (2011). Significados da reabilitação: perspectivas de um grupo de pacientes que sofreu queimaduras e de seus familiares. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-28112011-162049/
    • NLM

      Carvalho FL de, Rossi LA. Significados da reabilitação: perspectivas de um grupo de pacientes que sofreu queimaduras e de seus familiares [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-28112011-162049/
    • Vancouver

      Carvalho FL de, Rossi LA. Significados da reabilitação: perspectivas de um grupo de pacientes que sofreu queimaduras e de seus familiares [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-28112011-162049/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020