Exportar registro bibliográfico

Efeito do processo erosivo causado por diferentes bebidas na resistência a união de diferentes sistemas adesivos em superfície de esmalte: análise in vitro e in situ/ex vivo (2011)

  • Autor:
  • Autor USP: WANG, LINDA - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAD
  • Subjects: EROSÃO DE DENTE (QUÍMICA); ADESIVOS DENTINÁRIOS (QUÍMICA); ESMALTE DENTÁRIO (QUÍMICA); RESISTÊNCIA DE UNIÃO (ODONTOLOGIA); REFRIGERANTES (QUÍMICA)
  • Language: Português
  • Abstract: (Continuação) em metade dos blocos. Metade dos blocos não erodidos e erodidos foram seqüencialmente escovados por 1 minuto. Ao final de 5 dias, os dispositivos foram recolhidos e os espécimes foram identificados. Após os desafios in vitro e in situ/ex vivo, as superfícies de esmalte foram restauradas com diferentes sistemas adesivos (ScotchbondMultipurpose, Adper Single Bond 2 e Clearfil SE Bond) e resina composta (Filtek Z250). Palitos com 0,64-1,00mm2 de área média foram obtidos e submetidos ao teste de resistência adesiva por microtração em máquina de ensaios universal a 0,5mm/min. As interfaces rompidas foram analisadas sob microscopia ótica 40X para identificar o modo de fratura. Os dados apresentaram distribuição normal e foram analisados por ANOVA e testes de comparação múltipla (p<0,05). Na primeira fase, a Coca-Cola Regular apresentou-se como o agente erosivo que promoveu a maior alteração da superfície de esmalte, comprometendo a resistência adesiva e a qualidade da interface. Na fase in vitro, não houve diferença de resistência adesiva quando os diferentes sistemas adesivos foram aplicados, entretanto para a fase in situ/ex vivo, o Adper Single Bond 2 revelou-se inferior. Baseados nesses resultados, podemos concluir que as bebidas à base de cola podem comprometer as características da superfície de esmalte e que os sistemas adesivos podem apresentar desempenhos distintos nesses substratos após desafios.A erosão dentária consiste em uma das causas de desgaste dentário que acomete inicialmente o esmalte, por meio de um amolecimento da superfície, podendo comprometer também a dentina. A compreensão do mecanismo erosivo permite determinar estratégias para sua prevenção, controle e tratamento. Em função do comprometimento do esmalte, esse substrato requer, em alguns casos, o tratamento por meio de restauração adesiva. Este trabalho consta de três fases e teve por objetivo analisar a união de diferentes sistemas adesivos a superfícies de esmalte, após ciclagem erosiva in vitro e in situ/ex vivo. Inicialmente, um estudo in vitro foi realizado envolvendo desafios por 3x/1minutos/1dia por 3 bebidas erosivas à base de cola (Coca-Cola Regular, Coca Light e Coca Zero) associados ou não à escovação. Fragmentos de esmalte bovino foram adequadamente obtidos, polidos e selecionados através de teste de microdureza. Após os desafios, foram restaurados com o sistema convencional de dois passos Adper Single Bond 2 e preparados para testes quantitativos de desgaste, microdureza, e de resistência adesiva e qualitativa por microscopia de varredura confocal a laser. Uma vez que a Coca-Cola Regular foi o agente mais erosivo, as demais fases foram realizadas unicamente com sua utilização. Assim, as hipóteses nulas testadas nas duas fases seguintes foram: 1- Não há diferença de adesão ao esmalte normal ou erodido/abrasionado; 2- Não há diferença de adesão ao esmalte erodido/abrasionado de acordo com o sistema adesivo utilizado. Para os testes in vitro, os mesmos passos foram seguidos, entretanto, com desafios erosivos de 3x/1min de imersão por 1 ou 5 dias, associados ou não à escovação. No teste in situ/ex vivo, 8 fragmentos de esmalte foram preparados para cada dispositivo intrabucal. A cada 24 horas, os voluntários efetuaram 3 ciclos extrabucais de 3x/5min em Coca-Cola (Continua)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.06.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      WANG, Linda. Efeito do processo erosivo causado por diferentes bebidas na resistência a união de diferentes sistemas adesivos em superfície de esmalte: análise in vitro e in situ/ex vivo. 2011.Universidade de São Paulo, Bauru, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/25/tde-19012012-164122/publico//Linda_Wang_Corrigida.pdf >.
    • APA

      Wang, L. (2011). Efeito do processo erosivo causado por diferentes bebidas na resistência a união de diferentes sistemas adesivos em superfície de esmalte: análise in vitro e in situ/ex vivo. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/25/tde-19012012-164122/publico//Linda_Wang_Corrigida.pdf
    • NLM

      Wang L. Efeito do processo erosivo causado por diferentes bebidas na resistência a união de diferentes sistemas adesivos em superfície de esmalte: análise in vitro e in situ/ex vivo [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/25/tde-19012012-164122/publico//Linda_Wang_Corrigida.pdf
    • Vancouver

      Wang L. Efeito do processo erosivo causado por diferentes bebidas na resistência a união de diferentes sistemas adesivos em superfície de esmalte: análise in vitro e in situ/ex vivo [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/25/tde-19012012-164122/publico//Linda_Wang_Corrigida.pdf


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021