Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento de um sistema modificado de suspensão do rato pela cauda, como modelo de osteopenia (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: FALCAI, MAURICIO JOSÉ - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: OSTEOPATIAS METABÓLICAS; TRAUMATOLOGIA; FENÔMENOS FISIOLÓGICOS MUSCULOSQUELÉTICOS
  • Keywords: histomorfometria; histomorphometry; mechanical testing; osteopenia; osteopenia; skeletal traction; skin traction; suspensão pela cauda; tail suspension; teste mecânico; tração cutânea; tração esquelética
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A suspensão do rato pela cauda é método usado para simular os efeitos da microgravidade e hipoatividade física sobre o sistema musculoesquelético e outros sistemas. O método convencional usa a tração cutânea para a fixação da cauda do animal ao sistema de suspensão, sendo idealmente aplicado durante até três semanas. Depois desse período surgem lesões cutâneas, situações estressantes e soltura dos animais. Estes fatos limitam observações por períodos mais longos. O objetivo deste trabalho foi propor e avaliar um sistema de suspensão do rato pela cauda que utiliza tração esquelética com fio de Kirschner atravessado na vértebra caudal, comparando sua eficiência como modelo de osteopenia com a tração cutânea convencional, durante três e seis semanas. Metodologia: 60 ratas foram distribuídas em seis grupos (n=10): GI - três semanas-suspensão pela cauda em tração esquelética; GII - três semanas-suspensão em tração cutânea; GIII - três semanas sem suspensão; GIV - seis semanas-suspensão em tração esquelética; GV - seis semanas-suspensão em tração cutânea; GVI - seis semanas sem suspensão. Avaliação foi clínica com preenchimento de lista diária de achados de estresse e exame post-mortem com determinação dos níveis de corticosterona plasmática e estado da mucosa gastroesofágica. Avaliação dos efeitos da suspensão sobre osso ocorreu por meio da determinação da densidade mineral óssea, ensaio mecânico e histomorfometria, realizados tanto no fêmur, quanto no úmero. Resultados: não houve diferença estatisticamente significante entre os grupos suspensos observados durante três semanas, para quaisquer dos parâmetros investigados. Entretanto, em seis semanas, sete animais (70%) em tração cutânea foram perdidos por lesões de pele e, na tração esquelética, apenas um (10%). Quanto ao ganho de peso corporal e os outros parâmetros clínicos não houve diferenças entre os grupossuspensos por seis semanas. A densidade mineral óssea, força máxima, rigidez e parâmetros histomorfométricos dos fêmures diminuíram até três semanas quando os animais suspensos foram comparados com os controles. Entretanto, depois estabilizaram, tanto para os animais suspensos pela tração cutânea, quanto esquelética, sem diferenças entre eles. No úmero não houve diferenças importantes entre os animais suspensos e os controles. Conclusão: O sistema de tração esquelética foi mais eficiente para manter os animais suspensos até seis semanas, quando o número de complicações foi menor que na tração cutânea. A eficiência de ambos os métodos de suspensão em termos de enfraquecimento ósseo foi semelhante em ambos grupo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.08.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FALCAI, Mauricio José; VOLPON, Jose Batista. Desenvolvimento de um sistema modificado de suspensão do rato pela cauda, como modelo de osteopenia. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17142/tde-30092011-162252/ >.
    • APA

      Falcai, M. J., & Volpon, J. B. (2011). Desenvolvimento de um sistema modificado de suspensão do rato pela cauda, como modelo de osteopenia. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17142/tde-30092011-162252/
    • NLM

      Falcai MJ, Volpon JB. Desenvolvimento de um sistema modificado de suspensão do rato pela cauda, como modelo de osteopenia [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17142/tde-30092011-162252/
    • Vancouver

      Falcai MJ, Volpon JB. Desenvolvimento de um sistema modificado de suspensão do rato pela cauda, como modelo de osteopenia [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17142/tde-30092011-162252/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020