Exportar registro bibliográfico

Análise quantitativa do corante azul de Evan extravasado do interior das câmaras internas dos implantes por suas interfaces protéticas nas condições: Hexágono Externo (HE) - Hexágono Interno (HI) - Cone Morse (CM) (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SALLES, MURILO AULER E - FOB
  • Unidades: FOB
  • Sigla do Departamento: BAP
  • Subjects: IMPLANTES DENTÁRIOS; ESPECTROFOTOMETRIA
  • Language: Português
  • Abstract: Busca-se em pesquisas e estudos avaliar a capacidade de adaptação e selamento entre a conexão implante-intermediário de diferentes sistemas de implantes odontológicos. Observou-se recentemente que implantes com abutments retidos com parafusos, diversos fenômenos como afrouxamento e fratura do parafuso, rotação e fratura do abutment com penetração bacteriana nas câmaras internas dos implantes, acontece como conseqüência da desadaptação interface implante-abutment. É descrito ao nível desta região um pequeno espaço “microgap”, fator relevante para remodelamento da crista óssea e longevidade da saúde dos tecidos moles periimplantares. O propósito do estudo foi investigar o extravasamento da solução do corante azul de Evan em três tipos de implantes e seus respectivos intermediários, durante um período de seis (6) dias, a cada vinte e quatro (24) horas, com intervalo em cento e vinte (120) horas, através da agitação proporcionada por uma mesa agitadora. Para tal, foram utilizados trinta (30) implantes, dez (10) de cada tipo, com seus respectivos intermediários protéticos, minipilares, sendo o Grupo Um (1) de implantes Hexágono Externo (HE), Grupo dois (2) de Hexágono Interno (HI) e Grupo três (3) de Cone Morse (CM). No interior de cada implante foi pipetado volume ou quantidade proporcional ao seu espaço interno uma solução de corante azul de Evan. Após a colocação do corante no interior dos implantes, os abutments ou intermediários foram acoplados e aparafusados com torque de vinte (20) Ncm, através do torquímetro de Gauge (Tohnichi), e estes depositados individualmente em micro tubos de cor âmbar na condição de intermediários voltados para baixo. Segui-se imediatamente a colocação de (1)ml de água deionizada. A seguir os tubos foram fechados hermeticamente e posicionados numa mesa suporte para microtubos e foram armazernados por 24 horas, sem agitação. (continua)(continuação) Posteriormente foram agitados por 10 minutos com movimentos uniformes em mesa agitadora e a partir deste momento iniciou-se a coleta de uma pequena quantidade de água de cada micro tubo onde por sua vez estas amostras foram analisadas por absorbância através do método de fotometria, espectrofotometria, onde mostraram o extravasamento da solução do corante azul de Evan nos sistemas de implantes usados. Do inicio da coleta das amostras no tempo de (24 horas) até a condição no terceiro dia ou setenta e duas horas, os três sistemas não mostraram-se alterações estatisticamente significantes. A partir do tempo quarto dia ou 96 h., no sistema do grupo Cone Morse, revelou diferenças estatisticamente significantes entre o grupo HE e HI. Os resultados foram tabulados e o teste estatístico Anova há dois critérios e aplicados a eles o teste Tukey – comparação entre todos, com o nível de significância de p<0.05. Os resultados do teste de vinte e quatro (24); quarenta e oito (48), setenta e duas (72), não havendo diferenças estatisticamente significantes, ao passo que no período de noventa e seis (96) e cento e quarenta e quatro (144) horas, mostrou a solução do corante de azul de Evan do sistema CM, o extravasamento estatisticamente significante maior do que nos grupos HE e HI. Conclui-se, portanto, que houve extravasamento nos três sistemas na condição inicial. No tempo 96 houve um maior extravasamento do sistema CM perpetuando até o final do experimento, mostrandose estaticamente diferente em relação aos sistemas HE e HI.
  • Imprenta:
    • Place of publication: Bauru
    • Date published: 2011
  • Data da defesa: 06.09.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AULER E SALLES, Murilo; BONACHELA, Wellington Cardoso. Análise quantitativa do corante azul de Evan extravasado do interior das câmaras internas dos implantes por suas interfaces protéticas nas condições: Hexágono Externo (HE) - Hexágono Interno (HI) - Cone Morse (CM). 2011.Universidade de São Paulo, Bauru, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25146/tde-14122011-091248/publico/MuriloAullerSales_Rev.pdf >.
    • APA

      Auler e Salles, M., & Bonachela, W. C. (2011). Análise quantitativa do corante azul de Evan extravasado do interior das câmaras internas dos implantes por suas interfaces protéticas nas condições: Hexágono Externo (HE) - Hexágono Interno (HI) - Cone Morse (CM). Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25146/tde-14122011-091248/publico/MuriloAullerSales_Rev.pdf
    • NLM

      Auler e Salles M, Bonachela WC. Análise quantitativa do corante azul de Evan extravasado do interior das câmaras internas dos implantes por suas interfaces protéticas nas condições: Hexágono Externo (HE) - Hexágono Interno (HI) - Cone Morse (CM) [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25146/tde-14122011-091248/publico/MuriloAullerSales_Rev.pdf
    • Vancouver

      Auler e Salles M, Bonachela WC. Análise quantitativa do corante azul de Evan extravasado do interior das câmaras internas dos implantes por suas interfaces protéticas nas condições: Hexágono Externo (HE) - Hexágono Interno (HI) - Cone Morse (CM) [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25146/tde-14122011-091248/publico/MuriloAullerSales_Rev.pdf


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020