Exportar registro bibliográfico

Tratamento endovascular de trauma arterial periférico com uso de stents revestidos: estudo experimental em porcos (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: BELCZAK, SERGIO QUILICI - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MCG
  • Subjects: CONTENEDORES; PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS VASCULARES; ARTÉRIAS CARÓTIDAS; SUÍNOS
  • Keywords: Animal experimentation; Carotid artery injuries; Endovascular procedures; Experimentação animal; Procedimentos endovasculares; Stents; Stents; Traumatismos das artérias carótidas
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Os traumas arteriais e venosos são responsáveis por expressiva morbimortalidade, e, em determinados territórios, a técnica de restauração aberta acrescenta riscos elevados ao paciente, que podem ser minimizados com o uso de técnicas endovasculares. Objetivos: O objetivo deste estudo foi criar um modelo experimental de trauma vascular periférico penetrante em que se avalia a viabilidade do reparo endovascular em lesões da parede arterial com diferentes extensões cincunferenciais. Método: Vinte porcos brancos machos foram divididos em quatro grupos, de acordo com a extensão circunferencial do trauma arterial: sem lesão arterial (Grupo 1); lesão arterial com extensão circunferencial 50%, variando entre 50-80% (Grupo 3); e secção completa (Grupo 4). A artéria carótida comum esquerda foi dissecada com controle arterial proximal e distal, procedimento que se seguiu de secção controlada da parede arterial, fechamento dos planos e compressão manual por dez minutos, seguida de tratamento endovascular com introdução de stent revestido ViabahnTM (5mm x 50 mm) por via de acesso femoral. Resultados: A viabilidade e a reprodutibilidade do modelo experimental proposto foram confirmadas pelo sucesso no tratamento de todos os animais sem trauma e nos animais com lesões 50% e, em um animal com secção completa. Variáveis como a duração do procedimento, parâmetros ultrassonográficos e arteriográficos, e flutuação dos sinais vitais foram devidamente monitoradas. Conclusões: O reparoendovascular do trauma arterial periférico em animais de experimentação mostrou-se factível com limitação dependendo da extensão circunferencial da lesão. Este modelo experimental, envolvendo técnicas endovasculares, indicou etapas importantes a serem consideradas em outros estudos nestes animais e com a utilização destes materiais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.08.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BELCZAK, Sergio Quilici; SILVA, Erasmo Simao da. Tratamento endovascular de trauma arterial periférico com uso de stents revestidos: estudo experimental em porcos. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-02122011-110042/ >.
    • APA

      Belczak, S. Q., & Silva, E. S. da. (2011). Tratamento endovascular de trauma arterial periférico com uso de stents revestidos: estudo experimental em porcos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-02122011-110042/
    • NLM

      Belczak SQ, Silva ES da. Tratamento endovascular de trauma arterial periférico com uso de stents revestidos: estudo experimental em porcos [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-02122011-110042/
    • Vancouver

      Belczak SQ, Silva ES da. Tratamento endovascular de trauma arterial periférico com uso de stents revestidos: estudo experimental em porcos [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-02122011-110042/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021