Exportar registro bibliográfico

Crianças com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade: um olhar sobre o cuidador primário (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: FARIA, ANA MARIA DEL BIANCO - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: HIPERATIVIDADE; CUIDADO DA CRIANÇA; ESTRESSE
  • Keywords: cuidadores; transtorno do déficit de atenção e hiperatividade; attention deficit and hyperactivity disorder; stress
  • Language: Português
  • Abstract: O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), atualmente, é uma das desordens neuropsicobiológicas mais frequentemente diagnosticadas na infância. A presença de uma criança com tal transtorno afeta a dinâmica familiar, com aumento de perturbações na família, em especial no cuidador primário. O presente estudo tem por objetivo avaliar o estresse, a depressão, a qualidade de vida, a auto-percepção de estresse e de fatores estressantes em cuidadores primários de crianças com diagnóstico de TDAH, bem como investigar suas vivências emocionais no convívio com a criança. Para tanto, participaram do estudo 40 cuidadores primários de crianças com idades entre 6 e 12 anos, divididos em dois grupos que foram comparados: G1 - Grupo clínico - 20 cuidadores primários de crianças diagnosticadas com TDAH, em tratamento no serviço público de saúde, sem uso de medicação; G2 - Grupo de comparação - 20 cuidadores primários de crianças, sem histórico de doença ou atendimento psicológico, psiquiátrico ou neurológico. Os instrumentos utilizados foram: Questionário de Capacidades e Dificuldades (SDQ), Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp (ISSL), Escala de Qualidade de Vida- versão abreviada (WHOQOL-Bref, Inventário de Depressão de Beck, Questionário de Auto-Percepção em relação ao estresse e Roteiro complementar. Os instrumentos foram codificados de acordo com suas proposições técnicas, e, procedeu-se tratamento estatístico não paramétrico, adotando-se valores de p’<OU=’ 0,05. As questões abertas do Roteiro complementar foram analisadas segundo os preceitos da análise de conteúdo. Os resultados apontaram que, quanto ao estresse, o percentual de cuidadores com indicadores de estresse no Grupo clínico é significativamente maior do que o encontrado no Grupo de comparação (p=0,001). Os dados relativos aos domínios da qualidade de vida indicarammédias significativamente maiores em participantes do G2 quanto a satisfação com os domínios físico (p<0,001), psicológico (p=0,005) e social (p=0,027), quando comparados aos do G1. Quanto aos indicadores de depressão, o G 1 apresentou médias significativamente superiores de sintomatologia depressiva quando comparado ao G2 (p=0,001). E, no G1, houve maior percepção de estresse no convívio com a criança (p<0,001), no cuidado com a criança (p<0,001) e, ainda, os cuidadores desse grupo perceberam manifestações frequentes de estresse (p=0,003) quando comparados ao G2. Os dados qualitativos foram agrupados em cinco temas principais: convívio com a criança, gravidez, enfrentamento, tratamentos e necessidades. A avaliação, através das técnicas, revelou altos níveis de perturbações nos cuidadores de crianças com TDAH, o que foi corroborado pela análise qualitativa do material. Os dados apontam que o cuidador apresenta dificuldades para acolher a criança, criando um ciclo que se retroalimenta com impactos negativos na qualidade de vida da família. Enfatiza-se a necessidade de políticas públicas que favoreçam a ampliação do cuidado à criança com TDAH e aos seus cuidadores, com elaboração e desenvolvimento de programas de intervenção que proporcione uma maior articulação entre os níveis primários e secundários da atenção em saúde, o que auxiliará os cuidadores no cuidado à criança, no manejo de situações estressantes vividas no cotidiano e na recuperação de sua qualidade de vida
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.08.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FARIA, Ana Maria Del Bianco; CARDOSO, Carmen Lúcia. Crianças com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade: um olhar sobre o cuidador primário. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-23102013-134606/ >.
    • APA

      Faria, A. M. D. B., & Cardoso, C. L. (2011). Crianças com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade: um olhar sobre o cuidador primário. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-23102013-134606/
    • NLM

      Faria AMDB, Cardoso CL. Crianças com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade: um olhar sobre o cuidador primário [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-23102013-134606/
    • Vancouver

      Faria AMDB, Cardoso CL. Crianças com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade: um olhar sobre o cuidador primário [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-23102013-134606/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021