Exportar registro bibliográfico

Caracterização química e avaliação da atividade antioxidante e citotóxica do extrato da soja (Glycine max) biotransformada pelo fungo Aspergillus awamori (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: FORTES, VANESSA SILVEIRA - FCFRP
  • Unidade: FCFRP
  • Sigla do Departamento: 602
  • Subjects: SOJA; ISOFLAVONAS; CITOTOXINAS; ANTIOXIDANTES
  • Language: Português
  • Abstract: A soja (Glycine max) contém uma variedade de compostos com comprovada atividade biológica, tais como as isoflavonas, que estão presentes em diferentes formas, glicosiladas e agliconas. Além disso, a soja contém uma grande quantidade de proteínas, que são consideradas fontes de peptídeos bioativos. As isoflavonas agliconas, daidzeína e genisteína, possuem maior atividade antioxidante que as glicosiladas, daidzina e genistina. No entanto, os grãos de soja são ricos nas formas glicosiladas das isoflavonas. Estudos mostram que a biotransformação da soja, por micro-organismos e enzimas, leva ao aumento dos teores das isoflavonas agliconas, as quais são liberadas pela ação de enzimas -glicosidases, que clivam as ligações -glicosídicas das isoflavonas glicosiladas, e também pode possibilitar a hidrólise das proteínas da soja. Além disso, pesquisadores têm demonstrado aumento na atividade antioxidante e na prevenção e/ou supressão de certos cânceres após biotransformação da soja. Neste contexto, foi realizada a biotransformação da soja pelo fungo A. awamori, e por uma mistura enzimática, proveniente do processo fermentativo deste fungo na soja. Os extratos da soja biotransformada, não biotransformada, e o extrato comercial isoflavin beta®, rico em isoflavonas, foram avaliados quanto aos perfis cromatográficos, teores de daidzeína, genisteína, proteínas, aminoácidos e/ou peptídeos, potencial antioxidante e atividade citotóxica frente a células de fibroblasto e melanoma. O modo de morte celular das células de melanoma, necrose ou apoptose, também foi avaliado. A biotransformação da soja, pelos dois processos, resultou em extratos enriquecidos com isoflavonas agliconas e aminoácidos e/ou peptídeos, e com maior atividade antioxidante que o extrato da soja não biotransformada. Os dois processos de biotransformação da soja resultaram em extratos com características químicase biológicas diferentes. O conteúdo de daidzeína, proteínas, aminoácidos e/ou peptídeos encontrados no extrato da soja biotransformada pelo fungo foram 6%, 56% e 357%, respectivamente, superiores ao extrato da soja biotransformada pela mistura enzimática. Ao contrário do observado para o teor de genisteína que foi 48% maior no extrato da soja biotransformada pela mistura enzimática. O extrato da soja biotransformada pelo fungo apresentou maior atividade antioxidante que o extrato da soja biotransformada pela mistura enzimática, além disso, foi o único dos extratos aqui estudados que apresentou citotoxicidade seletiva para as células de melanoma, induzindo morte celular por apoptose destas células cancerosas. Sendo assim, os resultados obtidos pelo extrato da soja biotransformada pelo fungo A. awamori fornecem boas perspectivas para futura utilização deste extrato como antitumoral
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.08.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FORTES, Vanessa Silveira; FONSECA, Maria Jose Vieira. Caracterização química e avaliação da atividade antioxidante e citotóxica do extrato da soja (Glycine max) biotransformada pelo fungo Aspergillus awamori. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-21092011-113131/ >.
    • APA

      Fortes, V. S., & Fonseca, M. J. V. (2011). Caracterização química e avaliação da atividade antioxidante e citotóxica do extrato da soja (Glycine max) biotransformada pelo fungo Aspergillus awamori. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-21092011-113131/
    • NLM

      Fortes VS, Fonseca MJV. Caracterização química e avaliação da atividade antioxidante e citotóxica do extrato da soja (Glycine max) biotransformada pelo fungo Aspergillus awamori [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-21092011-113131/
    • Vancouver

      Fortes VS, Fonseca MJV. Caracterização química e avaliação da atividade antioxidante e citotóxica do extrato da soja (Glycine max) biotransformada pelo fungo Aspergillus awamori [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60137/tde-21092011-113131/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021