Exportar registro bibliográfico

Comparação de métodos não-destrutivos de cubagem de árvores em pé visando à determinação da biomassa (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: NICOLETTI, MARCOS FELIPE - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCF
  • Subjects: AMOSTRAGEM; ÁRVORES FLORESTAIS; BIOMASSA; DENDROMETRIA; ERROS DE MEDICAÇÃO; FLORESTAS
  • Language: Português
  • Abstract: As florestas são vistas como excelentes acumuladoras de biomassa e carbono da atmosfera, contribuindo para a redução do efeito estufa. Para ter conhecimento da biomassa acumulada nas árvores é necessário realizar determinadas técnicas para levantar o volume de madeira dos povoamentos. Desta forma, objetiva-se neste trabalho estudar a qualidade das medidas de cubagem da árvore em pé através de dendrômetros ópticos de medição do tronco visando à determinação da biomassa de árvores sem amostragem destrutiva. O trabalho foi desenvolvido na Estação Experimental de Itatinga/SP que pertence a Universidade de São Paulo (ESALQ-USP). Foram amostradas 175 árvores em três parcelas de Eucalyptus grandis. O diâmetro do fuste das árvores em pé foi mensurado com os dendrômetros (Criterion 400 e RC3H) em distâncias de 0,1; 0,4; 0,7; 1,0; 1,3; 2,0 m e a partir deste de metro em metro ao longo do tronco até os 8 m de altura. Após a cubagem em pé foi derrubada a árvore e seccionada para pesagem do tronco, sendo que o diâmetro foi obtido com auxílio de suta e da trena nas mesmas posições em que se realizou a cubagem não destrutiva. De posse dos diâmetros foram calculados o volume por secção e por árvore individual através da fórmula de Smalian para posterior comparação dos métodos. Depois de seccionado o tronco, discos de 5 cm de espessura foram retirados à 0, DAP, 50 e 100% da altura total, pesados e secos, para determinação da umidadeFoi feito o ajuste de vários modelos empíricos para a predição da biomassa tanto para a técnica gravimétrica e para a volumétrica. Para os erros das medidas dos diâmetros obtidos de forma não destrutiva os dois dendrômetros forneceram medidas subestimadas de modo geral. O Criterion foi o que resultou nas melhores estimativas (10%) e o RC3H (30%) em relação a cubagem convencional. Com os modelos selecionados para a predição da biomassa verificou um erro relativo médio subestimado de 11% com o Criterion e 40% para o RC3H. Portanto, a utilização destes dendrômetros em levantamentos não destrutivos deve ser criteriosa quando se deseja estimativas com grande confiabilidade, fator este, que pode restringir muitas vezes seu emprego
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.10.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NICOLETTI, Marcos Felipe; BATISTA, João Luis Ferreira. Comparação de métodos não-destrutivos de cubagem de árvores em pé visando à determinação da biomassa. 2011.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-19102011-093910/ >.
    • APA

      Nicoletti, M. F., & Batista, J. L. F. (2011). Comparação de métodos não-destrutivos de cubagem de árvores em pé visando à determinação da biomassa. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-19102011-093910/
    • NLM

      Nicoletti MF, Batista JLF. Comparação de métodos não-destrutivos de cubagem de árvores em pé visando à determinação da biomassa [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-19102011-093910/
    • Vancouver

      Nicoletti MF, Batista JLF. Comparação de métodos não-destrutivos de cubagem de árvores em pé visando à determinação da biomassa [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-19102011-093910/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021