Exportar registro bibliográfico

Análise citomorfológica, proteômica e lipidômica do fluido papilar da mama (2011)

  • Autor:
  • Autor USP: FILASSI, JOSE ROBERTO - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MOG
  • Subjects: LÍQUIDOS CORPORAIS (CITOLOGIA); NEOPLASIAS MAMÁRIAS; PROTEÍNAS (GENÉTICA); LIPÍDEOS (GENÉTICA)
  • Language: Português
  • Abstract: A análise do fluido aspirado papilar (FAP) tem sido objeto de pesquisa há muitos anos. Atipia celular em FAP já comprovou ser fator de risco para desenvolvimento do câncer de mama. A obtenção manual do FAP para avaliação citomorfológica é muito variável tanto em eficácia quanto em aceitação pela paciente. Além da citologia, o FAP permite a pesquisa de biomarcadores de risco para câncer de mama. Avaliamos um método automatizado não invasivo para coleta do FAP (HALO) com relação à sua aceitação e eficácia para estudo citomorfológico e pesquisamos a viabilidade do estudo de proteômica e lipidômica nas mesmas amostras. Métodos: Foram recrutadas 336 pacientes que se submeteram à coleta do FAP pelo método automatizado. Para avaliação citomorfológica foram divididas em 3 grupos: Grupo 1 - pacientes com diagnóstico de câncer de mama pré-tratamento (n=20); Grupo 2 - mulheres de alto risco (n=79); Grupo 3 - mulheres de risco populacional para câncer de mama (n=237). O estudo da proteômica foi realizado em 15 amostras aleatórias do grupo de risco populacional que formaram um pool para obtenção das proteínas pela tecnologia Nano UPLC tandem Nano ESI-MSe. No estudo da lipidômica utilizaram-se oito amostras de pacientes com câncer de mama unilateral e que apresentaram fluido coletado nas duas mamas. A tecnologia usada foi Matrix-Assisted Laser desorptio/ionization – MALDI-MS. Resultados: Os grupos eram semelhantes entre si, com exceção da idade (p< 0,001) e estado menopausal (p = 0,001), pois no Grupo 1 as pacientes eram mais idosas e na sua maioria, eram pós-menopáusicas. As coletas de FAP foram positivas em 44,04% das participantes e a celularidade foi satisfatória para análise em 19,9% (Grupos 1, 2 e 3 com 10,0%; 29,1% e 17,7% respectivamente). Quando se comparou as pacientes de alto risco com o grupo com câncer e de risco populacional, a celularidade foisignificativamente maior nas mulheres de alto risco (p = 0, 047). Analisando a intensidade de dor provocada durante o exame pela escala CR10 de Borg, a média foi 3,3 e nenhuma paciente solicitou a interrupção do procedimento de coleta. Na análise da proteômica no pool das 15 amostras de pacientes de risco populacional (Grupo 3) foram evidenciados principalmente processos relacionados à resposta imune que culminam na ativação da via clássica do sistema complemento e também lipoproteínas constituintes da parte estrutural do citoesqueleto. No estudo de lipidômica houve separação completa das amostras do grupo de mamas com câncer (C1, C2, C3 e C4) e do grupo controle constituído pelas mamas contralaterais sem câncer (CO1, CO2, CO3 e CO4). Após a realização da análise dos componentes principais, observou-se a separação de cada amostra de mama com câncer da correspondente amostra da mama contralateral sem câncer. Conclusões: O sistema automatizado proporcionou boas taxas de obtenção de fluido papilar e foi bem tolerado pelas pacientes. Obteve-se maior concentração de células nas pacientes de alto risco para câncer de mama. O estudo da proteômica revelou haver no fluido aspirado constituintes do sistema imune funcionante em amostras de mamas sem câncer. A lipidômica identificou e separou as amostras de mamas com câncer das sem câncer, em conjunto e para cada paciente individualmente. Pesquisas futuras deverão ser desenvolvidas para compreender melhor o significado dos diferentes perfis moleculares no fluido papilar e identificar possíveis marcadores de risco para câncer de mama
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.08.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FILASSI, José Roberto. Análise citomorfológica, proteômica e lipidômica do fluido papilar da mama. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011.
    • APA

      Filassi, J. R. (2011). Análise citomorfológica, proteômica e lipidômica do fluido papilar da mama. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Filassi JR. Análise citomorfológica, proteômica e lipidômica do fluido papilar da mama. 2011 ;
    • Vancouver

      Filassi JR. Análise citomorfológica, proteômica e lipidômica do fluido papilar da mama. 2011 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021