Exportar registro bibliográfico

Valor preditivo da topografia de disco óptico para o desenvolvimento de glaucoma (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ALENCAR, LUCIANA PEREIRA MALTA DE - FM
  • Unidades: FM
  • Sigla do Departamento: MOF
  • Subjects: GLAUCOMA (DIAGNÓSTICO); PROGNÓSTICO; AVANÇO DA DOENÇA; DIAGNÓSTICO POR IMAGEM; LASER (USO DIAGNÓSTICO); DISCO ÓPTICO; FIBRAS NERVOSAS
  • Keywords: Disease progression; Glaucoma/diagnostic; Imaging diagnosis; Laser/diagnostic use; Nerve fibers; Optic disc; Prognosis; Progressão da doença
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivos: Analisar o potencial da oftalmoscopia confocal de varredura a laser, através do Heidelberg Retina Tomograph (HRT), para predizer o risco de progressão em pacientes com suspeita de glaucoma. Comparar os resultados obtidos com o índice de probabilidade de glaucoma (GPS) do HRT aos resultados da análise de regressão de Moorfields (ARM), dos parâmetros morfométricos e da avaliação das fotografias estereoscópicas. Métodos: Uma coorte foi selecionada com 223 pacientes com suspeita de glaucoma, que foram seguidos por um período médio de 64,9 ± 37,3 meses. A suspeita de glaucoma baseou-se na aparência do disco óptico e/ou na pressão intraocular elevada (> 21 mmHg). Todos os participantes apresentavam dois exames de campo visual normais ao entrar no estudo. Conceituou-se progressão como o desenvolvimento de um defeito confirmado de campo visual ou deterioração do disco óptico na avaliação seriada das estereofotografias. A associação entre os resultados do HRT na época do início do acompanhamento e a progressão para glaucoma foi investigada através de modelos de regressão do tipo Cox. Usou-se o C-index para a comparação entre os modelos com os diversos parâmetros do HRT, isolados ou ajustados para os outros já conhecidos fatores de risco para progressão (idade, espessura corneana, pressão intraocular e pattern standard deviation PSD). Resultados: No período do estudo, 46 pacientes (21%) apresentaram progressão. Na análise multivariada, o GPS, a ARM e diversos parâmetros morfométricos foram preditivos para progressão, assim como a avaliação subjetiva das estereofotografias. Cada GPS 0,1 maior foi associado com um aumento de 23% no risco de progressão (C-index de 0,69). Os resultados anormais nas classificações finais do GPS e da ARM foram associados a aumentos de 3 e 2 vezes no risco de progressão, respectivamente (C-indexes de 0,70 e 0,68, respectivamente). Conclusão: Nesse estudo observamos que as análisesobjetivas do disco óptico e da região peripapilar obtidas com o HRT contribuíram na avaliação do risco de progressão em pacientes com suspeita de glaucoma. O GPS mostrou-se tão eficaz quanto os parâmetros morfométricos e a análise de regressão de Moorfields, e a comparação do desempenho dos modelos contendo a avaliação subjetiva das estereofotografias e aqueles contendo a avaliação objetiva pelo GPS não mostrou diferenças significativas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.07.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALENCAR, Luciana Pereira Malta de; MEDEIROS, Felipe de Araujo Andrade. Valor preditivo da topografia de disco óptico para o desenvolvimento de glaucoma. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5149/tde-07102011-114405/ >.
    • APA

      Alencar, L. P. M. de, & Medeiros, F. de A. A. (2011). Valor preditivo da topografia de disco óptico para o desenvolvimento de glaucoma. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5149/tde-07102011-114405/
    • NLM

      Alencar LPM de, Medeiros F de AA. Valor preditivo da topografia de disco óptico para o desenvolvimento de glaucoma [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5149/tde-07102011-114405/
    • Vancouver

      Alencar LPM de, Medeiros F de AA. Valor preditivo da topografia de disco óptico para o desenvolvimento de glaucoma [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5149/tde-07102011-114405/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019