Exportar registro bibliográfico

Os significados de ser um portador de transtorno mental: contribuições do teatro espontâneo do cotidiano na reabilitação psicossocial (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: ASSAD, FRANCINE BALTAZAR - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERP
  • Subjects: TRANSTORNOS MENTAIS; SAÚDE MENTAL; REABILITAÇÃO; TERAPIA OCUPACIONAL
  • Language: Português
  • Abstract: Refletindo sobre a proposta da reabilitação psicossocial, o contexto em que vivem portadores de transtornos mentais e em algumas estratégias e concepções que constituíram o pensamento psiquiátrico e suas práticas terapêuticas, o teatro espontâneo do cotidiano se apresenta como um instrumento da terapia ocupacional importante. A terapia ocupacional estabelece como problemática de partida a exclusão social, e tem como objetivo final a inclusão social. Ao propor o teatro espontâneo do cotidiano como uma das atividades possíveis na clínica da terapia ocupacional, utilizou-se de um importante canal de expressão, onde, através do jogo dramático, o sujeito vivencia situações e papéis de uma maneira descompromissada. Desta forma, o estudo teve por objetivos compreender, através da técnica teatro espontâneo do cotidiano, o significado de ser um portador de transtorno mental e oferecer um instrumento para re-significações, contribuindo para a sua reabilitação psicossocial. Para isso, cinco portadores de transtornos mentais, usuários de um Centro de Atenção Psicossocial, participaram de doze encontros onde se utilizou o referido instrumento. Trata-se de um estudo transversal, de caráter qualitativo. Foram utilizadas filmagens e entrevistas. Para a análise dos dados optou-se pela análise de conteúdo temática sob a ótica do interacionismo simbólico. Assim, a partir da questão norteadora "O que significa para você ser um portador de transtorno mental?" foram destacadas as seguintes categorias: o transtorno mental, suas definições e causas; o portador de transtorno mental e a relação com a normalidade e aceitação; o portador de transtorno mental e a relação com o medicamento; o portador de transtorno mental e as perdas cotidianas; a relação da sociedade com o transtorno mental; o transtorno mental enquanto possibilidades, renovações e superações e o portador de transtorno mental e suas expectativasde vida. Verificou-se que estes significados estão atrelados à trajetória de vida e às diversas relações que os sujeitos estabelecem. Alguns destes significados ainda estão associados a uma lógica excludente e de segregação na qual o sujeito revela suas percepções acerca de questões normativas e do sofrimento pelas diversas perdas em seu cotidiano. Entretanto, os sujeitos indicaram caminhos positivos, de possibilidades, de renovação, de superação e de expectativas para o futuro. O estudo também revelou que o teatro espontâneo do cotidiano se apresentou como um agente facilitador da interação e expressão, propiciando uma construção criativa em busca de soluções para problemáticas da vida cotidiana, constituindo-se, assim, em um instrumento de valor significativo, que permite resignificações e contribui na reabilitação psicossocial de portadores de transtorno mental. Para tanto, a investigação revelou-se importante para se pensar em estratégias de assistência ao portador de transtorno mental que o ajude a transpor o sofrimento e permita uma nova interação com este
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.08.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ASSAD, Francine Baltazar; PEDRÃO, Luiz Jorge. Os significados de ser um portador de transtorno mental: contribuições do teatro espontâneo do cotidiano na reabilitação psicossocial. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-29082011-144740/ >.
    • APA

      Assad, F. B., & Pedrão, L. J. (2011). Os significados de ser um portador de transtorno mental: contribuições do teatro espontâneo do cotidiano na reabilitação psicossocial. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-29082011-144740/
    • NLM

      Assad FB, Pedrão LJ. Os significados de ser um portador de transtorno mental: contribuições do teatro espontâneo do cotidiano na reabilitação psicossocial [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-29082011-144740/
    • Vancouver

      Assad FB, Pedrão LJ. Os significados de ser um portador de transtorno mental: contribuições do teatro espontâneo do cotidiano na reabilitação psicossocial [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-29082011-144740/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021