Exportar registro bibliográfico

Estudo in vitro da variação do pH de agentes clareadores e seu efeito sobre o desgaste e rugosidade superficial do esmalte bovino após escovação simulada (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: DELAFIORI, ANA CAROLINA TRENTINO - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAD
  • Subjects: CLAREAMENTO DE DENTE; PH DE MATERIAIS DENTÁRIOS; RUGOSIDADE SUPERFICIAL
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo in vitro avaliou a variação do pH de géis clareadores à base de peróxido de hidrogênio de diferentes concentrações e seu efeito sobre o esmalte bovino submetido à escovação simulada. Fragmentos de esmalte de dentes bovinos com 1,5cm x 0,5cm x 0,4cm, receberam o tratamento clareador e a escovação em uma metade, ficando a outra como controle; foram divididos aleatoriamente em nove grupos (n=10): G1 = controle; G2 = Whiteness HP 35% - 3 sessões (3x15); G3 = Whiteness HP 35% - 3 sessões (1x45); G4 = Lase Peroxide 35% - 1 sessão (4x730) + ativação com luz híbrida LED/Laser; G5 = Lase Peroxide 25% - 1 sessão (4x730) + ativação com luz híbrida LED/Laser; G6 = Lase Peroxide 15% - 1 sessão (4x730) + ativação com luz híbrida LED/Laser; G7 = Whitegold Office 35% - 3 sessões (1x45); G8 = Whiteness HP Blue Calcium 35% - 3 sessões (1x40); G9 = Whiteness HP Blue Calcium 20% - 3 sessões (1x50). A rugosidade aritmética (Ra) inicial, após clareamento e após escovação foi determinada pela média (µm) de 3 leituras com o rugosímetro Hommel Tester T 1000. Os valores de pH foram determinados pelo peagômetro digital Sentron Model 1001 nos tempos inicial e final independente do número de aplicações ou de sessões. Os espécimes foram armazenados em saliva artificial por 7 dias, submetidos à 100.000 ciclos de escovação simulada. Após 24 horas o desgaste superficial foi determinado (µm) novamente com o rugosímetro Hommel Tester T1000. Os dados da análise de pH foram submetidos a ANOVA um critério e teste de Tukey (p<0,05) com diferenças estatísticas. O teste de Kruskal Wallis e Dunn (p<0,05) aplicado sobre a variação da rugosidade e desgaste apontou diferenças estatísticas entre os grupos. Os géis clareadores apresentaram uma tendência de diminuição dos valores de pH do tempo inicial para o tempo finalOs géis clareadores apresentaram um tendência de diminuição dos valores de pH do tempo inicial para o tempo final, assim como os géis com valores de pH mais próximos dos valores ácidos tendem a levar a superfície do esmalte à uma maior susceptibilidade ao aumento da rugosidade e desgaste superficial, quando submetido à escovação simulada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.05.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TRENTINO, Ana Carolina; MONDELLI, Rafael Francisco Lia. Estudo in vitro da variação do pH de agentes clareadores e seu efeito sobre o desgaste e rugosidade superficial do esmalte bovino após escovação simulada. 2011.Universidade de São Paulo, Bauru, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25148/tde-23082011-170756/pt-br.php >.
    • APA

      Trentino, A. C., & Mondelli, R. F. L. (2011). Estudo in vitro da variação do pH de agentes clareadores e seu efeito sobre o desgaste e rugosidade superficial do esmalte bovino após escovação simulada. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25148/tde-23082011-170756/pt-br.php
    • NLM

      Trentino AC, Mondelli RFL. Estudo in vitro da variação do pH de agentes clareadores e seu efeito sobre o desgaste e rugosidade superficial do esmalte bovino após escovação simulada [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25148/tde-23082011-170756/pt-br.php
    • Vancouver

      Trentino AC, Mondelli RFL. Estudo in vitro da variação do pH de agentes clareadores e seu efeito sobre o desgaste e rugosidade superficial do esmalte bovino após escovação simulada [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25148/tde-23082011-170756/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020