Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Materiais construtivos, sustentabilidade e complexidade - análise da relação entre especificação de materiais construtivos e desenvolvimento sustentável (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAVALCANTE, LIVIA GASPARELLI - PROCAM
  • Unidades: PROCAM
  • Subjects: ARQUITETURA; DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
  • Language: Português
  • Abstract: O uso e a especificação dos materiais construtivos quando da busca de uma construção sustentável são, no mais das vezes, calcados em preceitos fundamentados em uma série de indicadores desenvolvidos em todo o mundo. Contudo, em geral, tais ferramentas não englobam todos os aspectos intrínsecos à sustentabilidade, pois se trata de relações complexas. Sendo assim, este trabalho irá discutir a complexidade da relação entre arquitetura, materiais construtivos e sustentabilidade, principalmente quando esta sai da esfera científica e passa a ser assimilada pelos técnicos e consumidores tendo como ponto de partida a análise de alguns indicadores de sustentabilidade para construção civil, bem como de algumas posturas de consumo. Baseia-se na hipótese de que as práticas vigentes quando da escolha e consumo de materiais construtivos na dita arquitetura sustentável praticada no mercado são essencialmente parciais e, na grande maioria, não transformam realmente os danos provocados pelos materiais construtivos em critérios relevantes na escolha e no consumo, quer pelos técnicos, quer pelos consumidores. Como resultado, observou-se que parte das posturas relacionadas com a construção civil e a arquitetura tende à parcialidade e que, em geral, estas visões são inconsistentes com a sustentabilidade. Em consequência, concluiu-se a necessidade de uma nova postura fundamentada na diminuição da distância entre o técnico e o social de tal modo que busque aumentar o bem estar e concomitantementeproporcionar novas orientações de escolha e consumo, ressaltando o quanto é complexa e difícil a etapa de seleção de materiais e a precisão de instrumentos que facilitem a visibilidade dos impactos ocasionados pelos materiais construtivos. Constatou-se também que as ferramentas existentes atualmente não são realmente sustentáveis, calcando-se prioritariamente nas questões ambientais de modo fechado e com baixo potencial educativo e assim, de modo geral, não transformam os danos provocados pelos materiais construtivos em critérios relevantes na escolha e consumo deste
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.05.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAVALCANTE, Livia Gasparelli; SANTOS, Maria Cecilia Loschiavo dos. Materiais construtivos, sustentabilidade e complexidade - análise da relação entre especificação de materiais construtivos e desenvolvimento sustentável. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/90/90131/tde-15082011-103458/ >.
    • APA

      Cavalcante, L. G., & Santos, M. C. L. dos. (2011). Materiais construtivos, sustentabilidade e complexidade - análise da relação entre especificação de materiais construtivos e desenvolvimento sustentável. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/90/90131/tde-15082011-103458/
    • NLM

      Cavalcante LG, Santos MCL dos. Materiais construtivos, sustentabilidade e complexidade - análise da relação entre especificação de materiais construtivos e desenvolvimento sustentável [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/90/90131/tde-15082011-103458/
    • Vancouver

      Cavalcante LG, Santos MCL dos. Materiais construtivos, sustentabilidade e complexidade - análise da relação entre especificação de materiais construtivos e desenvolvimento sustentável [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/90/90131/tde-15082011-103458/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019