Exportar registro bibliográfico

A pedagogização das diferenças sexuais: o cinema como dispositivo educativo (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: SARAIVA, LUIS FERNANDO DE OLIVEIRA - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: SUBJETIVIDADE; GOVERNAMENTALIDADE; SEXUALIDADE; CINEMA; INCLUSÃO SOCIAL
  • Language: Português
  • Abstract: Com as transformações políticas, econômicas e sociais ocorridas a partir dos séculos XVII e XVIII, tem se intensificado um poder que se ocupa em gerir a vida e lhe extrair ao máximo suas forças, seja na produção de corpos individuais mais produtivos, seja no controle do corpo-espécie da população. Assim, ao mesmo tempo em que se torna hegemônico um modo de subjetivação no qual domina uma interioridade dotada de capacidades, desejos, virtualidades a serem descobertos, há uma crescente preocupação com fenômenos e processos da vida, transformados em taxas a serem medidas e previstas. No encontro entre indivíduo e população, a sexualidade, ponto fundamental na gestão da vida. Nesse contexto, o presente estudo teve por objetivo investigar modos de subjetivação acionados pelo cinema no que diz respeito às diferenças sexuais, fornecendo subsídios para a problematização de práticas ditas inclusivas. Em uma perspectiva teórico-metodológico pós-estruturalista que dialoga com a Teoria Crítica, tomou-se o cinema como um dispositivo educativo e governamentalizante, isto é, uma extremidade na qual o poder se exerce, visando o governo de corpos e da população. Inserido na lógica da indústria cultural, o cinema ensina estilos de vida, maneiras de ser e modos de se relacionar, construindo e legitimando identidades sociais, ao mesmo tempo em que desautoriza outras. A partir da análise de filmes indicados e/ou vencedores do Oscar na última década, percebeuse uma significativa mudança nasformas pelas quais personagens não-heterossexuais vêm sendo apresentados, apontando tanto para uma aparente ruptura com imagens pejorativas e estereotipadas, fomentadoras de preconceitos e exclusões, quanto para a incitação de processos subjetivadores nos quais dominam a domesticação das diferenças sexuais e abafamento de seu potencial contestatório e disruptivo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.05.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SARAIVA, Luis Fernando de Oliveira; SEKKEL, Marie Claire. A pedagogização das diferenças sexuais: o cinema como dispositivo educativo. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-19072011-110706/ >.
    • APA

      Saraiva, L. F. de O., & Sekkel, M. C. (2011). A pedagogização das diferenças sexuais: o cinema como dispositivo educativo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-19072011-110706/
    • NLM

      Saraiva LF de O, Sekkel MC. A pedagogização das diferenças sexuais: o cinema como dispositivo educativo [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-19072011-110706/
    • Vancouver

      Saraiva LF de O, Sekkel MC. A pedagogização das diferenças sexuais: o cinema como dispositivo educativo [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-19072011-110706/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021