Exportar registro bibliográfico

Efeito de tratamentos de modificação da superfície na resistência à corrsão do alumínio 1050 (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: YOSHIKAWA, DANIEL SIERRA - IPEN
  • Unidade: IPEN
  • Subjects: ALUMÍNIO; CORROSÃO DOS MATERIAIS; TRATAMENTO DE SUPERFÍCIES; CROMO; ELETROQUÍMICA; ESPECTROSCOPIA
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho foi investigado o efeito de vários tratamentos para modificação da superfície na resistência à corrosão do alumínio AA1050 com o objetivo de identificar um potencial substituto ao tratamento de cromatização. Os tratamentos adotados consistiram inicialmente de polimento da superfície até acabamento 1 m, seguido por uma etapa comercial. Este tratamento foi utilizado como preparação preliminar da superfície, anterior aos demais tratamentos testados. Amostras com o tratamento preliminar foram submetidas a diferentes tratamentos de modificação da superfície, especificamente, imersão em solução com moléculas auto-organizáveis (SAM) à base de difosfonato, imersão em água fervente para acelerar o crescimento de óxido-hidróxido de alumínio; uma combinação destes dois últimos tratamentos e cromatização em solução à base de cromo hexavalente. O comportamento de corrosão do alumínio AA1050 submetido aos diferentes tipos de tratamentos foi investigado por ensaios eletroquímicos como: medidas de potencial a circuito aberto em função do tempo de imersão, espectroscopia de impedância eletroquímica e ensaios de polarização potenciodinâmica. Utilizou-se solução de 0,5 M de Na2SO4 como meio corrosivo, tamponada a pH = 4,0. Microscopia eletrônica de varredura e análises semi-quantitativas de espectroscopia de energia dispersiva também foram utilizadas como medidas complementares nessa investigação. Observou-se que o tratamento com moléculas auto-organizáveis não se mostroueficiente para proteção à corrosão para longos períodos de tempo em comparação aos demais tratamentos. A proteção fornecida pelos tratamentos, SAM e em solução a base de cromo hexavalente foi inferior à esperada. A etapa de boemitização ou crescimento acelerado de óxido-hidróxido de alumínio em água fervente se mostrou uma etapa essencial para aumento do desempenho frente à corrosão do alumínio AA1050. Os resultados obtidos para amostras submetidas ao tratamento de aceleração do crescimento de óxi-hidróxido seguido por imersão em solução com moléculas auto-organizáveis proporcionou uma melhora significativa na resistência à corrosão da superfície comparada aos demais tratamentos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.04.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      YOSHIKAWA, Daniel Sierra; COSTA, Isolda. Efeito de tratamentos de modificação da superfície na resistência à corrsão do alumínio 1050. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/85/85134/tde-16062011-142133/ >.
    • APA

      Yoshikawa, D. S., & Costa, I. (2011). Efeito de tratamentos de modificação da superfície na resistência à corrsão do alumínio 1050. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/85/85134/tde-16062011-142133/
    • NLM

      Yoshikawa DS, Costa I. Efeito de tratamentos de modificação da superfície na resistência à corrsão do alumínio 1050 [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/85/85134/tde-16062011-142133/
    • Vancouver

      Yoshikawa DS, Costa I. Efeito de tratamentos de modificação da superfície na resistência à corrsão do alumínio 1050 [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/85/85134/tde-16062011-142133/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021