Exportar registro bibliográfico

Estrutura de governança corporativa e gestão de riscos: um estudo de casos no setor financeiro (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: COIMBRA, FáBIO CLARO - FEA
  • Unidades: FEA
  • Sigla do Departamento: EAD
  • Subjects: GOVERNANÇA CORPORATIVA; ADMINISTRAÇÃO DE RISCO; BANCO CENTRAL; BANCOS; ESTUDO DE CASO
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo da tese é investigar as atividades fundamentais órgãos da estrutura de governança corporativa (conselho de administração, conselho fiscal, comitês de auditoria, remuneração, riscos, dentre outros) no que se refere à gestão de risco. Tal tema, chamado de risk governance, mostra-se extremamente relevante dentro do contexto de Basiléia II, especialmente o Pilar 2, e de Basiléia III; diante do papel crucial, na crise financeira global, das falhas e fragilidades do processo de governança da gestão de risco nos bancos; e por causa de eventos como o ocorrido no Banco Panamericano. O referido problema de pesquisa tem sido debatido no âmbito de diversos fóruns, como o Comitê da Basiléia, OECD, IFC, ICGN, NACD e IBGC, e tem representado parte crescente dos interesses da Supervisão Bancária, o que pode ser percebido pelas resoluções 3.198/04, que trata do comitê de auditoria, e 3.921/10, que aborda o comitê de remuneração; pela divulgação, por parte do Comitê da Basiléia, de documentos, como por exemplo, Principles for enhancing corporate governance, de outubro de 2010, e Enhancements to the II Basel framework, de julho de 2009. Foi realizada revisão da literatura sobre os assuntos: Governança Corporativa, Riscos Corporativos, Gestão de Riscos Corporativos, Regulação Bancária, Acordos de Basiléia (com ênfase do Pilar 2), Níveis Diferenciados de Governança da BM&FBovespa, Lei Sarbanes-Oxley e Estrutura de Governança Corporativa. Foi realizado estudo de caso de dois bancosmédios. A contribuição da tese, além de sistematizar o referencial teórico sobre o assunto, é gerar conhecimento sobre a realidade brasileira, na medida que a literatura é predominantemente americana, relacionada à estrutura de capital disperso, em oposição à situação brasileira, em que prevalece a estrutura concentrada de capital. Como trata-se de um estudo exploratório, são levantadas questões para estudos futuros. Os resultados encontrados sugerem a necessidade de se reforçar o processo de risk governance, sobretudo nos bancos menores
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.06.2011
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COIMBRA, Fábio Claro; POLO, Edison Fernandes. Estrutura de governança corporativa e gestão de riscos: um estudo de casos no setor financeiro. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-16082011-132703/ >.
    • APA

      Coimbra, F. C., & Polo, E. F. (2011). Estrutura de governança corporativa e gestão de riscos: um estudo de casos no setor financeiro. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-16082011-132703/
    • NLM

      Coimbra FC, Polo EF. Estrutura de governança corporativa e gestão de riscos: um estudo de casos no setor financeiro [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-16082011-132703/
    • Vancouver

      Coimbra FC, Polo EF. Estrutura de governança corporativa e gestão de riscos: um estudo de casos no setor financeiro [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-16082011-132703/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020