Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento de imunoensaios e biossensores para determinação de LDL eletronegativa (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: FAULIN, TANIZE ESPIRITO SANTO - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBC
  • Subjects: LIPOPROTEÍNAS LDL (DETERMINAÇÃO); ARTERIOSCLEROSE; IMUNOENSAIO
  • Language: Português
  • Abstract: A lipoproteína de baixa densidade eletronegativa (LDL-) é um importante antígeno envolvido na patogênese da aterosclerose. A LDL(-) provoca resposta inflamatória e imunológica, levando à produção de autoanticorpos anti-LDL(-) e a formação subsequente de imunocomplexos (IC-LDL-), os quais também contribuem com o processo aterosclerótico. Diante disso, este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento e validação de imunoensaios para quantificação plasmática de LDL(-), anti-LDL(-) e IC-LDL(-), assim como o desenvolvimento de ferramentas aplicáveis em um biossensor para LDL(-). Após a padronização de cada ELISA, foram avaliadas as características de desempenho dos métodos: limites de detecção (LD) e quantificação (LQ), precisão intra e inter-ensaios, exatidão, linearidade de diluição e interferentes. Os LD e LQ do ELISA para LDL(-) foram 0,423 mg/L e 0,517 mg/L de LDL(-), respectivamente. As concentrações plasmáticas de LDL(-) apresentaram linearidade quando os plasmas foram diluídos 1:1000, 1:2000, 1:4000 e 1:8000. Os LD e LQ do ELISA para anti-LDL(-) foram 0,0028 mg/L e 0,0032 mg/L de anti-LDL(-), respectivamente. Os plasmas apresentaram linearidade na diluição quando diluídos 1:100, 1:200, 1:400 e 1:800. Os LD e LQ do ELISA para IC-LDL(-) foram 0,023 g/L e 0,034 g/L de IC-LDL(-), respectivamente. Os plasmas apresentaram linearidade quando diluídos 1:12,5, 1:25, 1:50 e 1:100. Os três ELISAs apresentaram precisão intra e inter-ensaios e recuperação dentro dos limitesrequeridos para imunoensaios. Para o desenvolvimento de um biossensor para LDL(-), uma proteína recombinante, denominada GFP5-scFv, foi expressa em bactérias Escherichia coli da linhagem BL21(DE3). Para obtenção dessa proteína foi realizada a inserção da sequência de DNA de um fragmento variável de cadeia única (scFv) anti-LDL(-) em um vetor bacteriano com a sequência de DNA da proteína verde fluorescente (GFP5). Dessa forma, a GFP5-scFv é fluorescente e tem afinidade pela LDL(-). Também foram sintetizadas nanopartículas de ouro, as quais podem ser eficientemente utilizadas na supressão da emissão da fluorescência de GFP5-scFv. Portanto, os imunoensaios validados e os aplicativos desenvolvidos para o biossensor são ferramentas que tem potencial para serem utilizadas na avaliação da patogênese da aterosclerose
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.08.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FAULIN, Tanize Espirito Santo; ABDALLA, Dulcinéia Saes Parra. Desenvolvimento de imunoensaios e biossensores para determinação de LDL eletronegativa. 2010.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-21012011-150659/ >.
    • APA

      Faulin, T. E. S., & Abdalla, D. S. P. (2010). Desenvolvimento de imunoensaios e biossensores para determinação de LDL eletronegativa. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-21012011-150659/
    • NLM

      Faulin TES, Abdalla DSP. Desenvolvimento de imunoensaios e biossensores para determinação de LDL eletronegativa [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-21012011-150659/
    • Vancouver

      Faulin TES, Abdalla DSP. Desenvolvimento de imunoensaios e biossensores para determinação de LDL eletronegativa [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-21012011-150659/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021