Exportar registro bibliográfico

Resolutividade do cuidado à saúde das crianças menores de cinco anos hospitalizadas por causas sensíveis a atenção básica (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TOSO, BEATRIZ ROSÃØNA GONÇALVES DE OLIVEIRA - EERP
  • Unidades: EERP
  • Sigla do Departamento: ERM
  • Subjects: CRIANÇAS; HOSPITALIZAÇÃO; ATENÇÃO À SAÚDE; VULNERABILIDADE; ENFERMAGEM PEDIÁTRICA (ASSISTÊNCIA)
  • Language: Português
  • Abstract: A resolutividade da atenção básica à saúde deve se refletir na diminuição das hospitalizações por um grupo de causas específicas. As hospitalizações por causas sensíveis a atenção básica são um indicador indireto da efetividade do sistema de saúde, nessa instância de atenção, pressupondo que as internações decorrentes destas doenças não receberam atenção efetiva em momento oportuno, resultando em agravamento da condição clínica que exigiu a hospitalização. Objetivo: Apreender os atributos da atenção básica em saúde a partir do indicador de internação por condições sensíveis à atenção ambulatorial, mediante análise do caminho percorrido nos serviços de saúde por famílias de crianças menores de cinco anos hospitalizadas com doenças respiratórias. Método: Estudo qualitativo cujas bases conceituais estão centradas no cuidado em saúde, na vulnerabilidade e na hermenêutica. O material empírico foi produzido a partir de entrevistas com acompanhantes de crianças hospitalizadas, incluindo o mapa falante e com profissionais de saúde, na observação do processo de trabalho nos serviços de saúde e na análise documental dos prontuários de atendimento das crianças. A compreensão dos dados por meio da hermenêutica norteou a discussão do material empírico organizado em três unidades: perfil de morbidade hospitalar das crianças menores de cinco anos, hospitalizadas no hospital universitário, no período de 2005 a 2009; apreensão dos atributos da atenção primária em saúde; o caminho percorrido pelas famílias de crianças menores de cinco anos com problemas respiratórios em busca de atenção a saúde. Resultados: As doenças respiratórias foram responsáveis por mais da metade das hospitalizações de crianças menores de cinco anos; os atributos da atenção básica não estiveram presentes na organização dos serviços de atenção a saúde; as criançascom doenças respiratórias não tiveram resolutividade na atenção necessitando de hospitalização; o cuidado recebido foi procedimental, com a racionalidade técnica conduzindo o encontro de cuidado e a subjetividade que deveria estar perpassando essa relação não sendo mencionada. Para obtenção do cuidado as famílias passaram por unidades básicas de saúde, unidades de emergência, ambulatórios de hospitais privados e de hospital público, num intervalo entre consultas que variou de três no mesmo dia a uma por dia em três dias, gerando insatisfação com a atenção recebida, pois esta não evitou a hospitalização da criança. Considerações: Recomenda-se a adoção de um sistema integrado de serviços de saúde, adotando-se os princípios da atenção básica como norte, quais sejam a integralidade da atenção, o acesso de primeiro contato, a longitudinalidade, a coordenação dos serviços pela atenção básica, o foco do cuidado na família, a orientação comunitária. Propõe-se a adoção do acolhimento pelos serviços de saúde assumindo que estes sejam organizados com foco no usuário, reorganizando-se o processo de trabalho, deslocando-se o eixo central do cuidado do médico para a equipe multiprofissional, qualificando a relação entre profissional e usuário, baseada na humanização do cuidado, na ética, na solidariedade e na cidadania, buscando a resolutividade em saúde, por meio do diálogo entre os sujeitos que constituem o coletivo do setor saúde, construído em uma relação de cuidado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.07.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TOSO, Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira; LIMA, Regina Aparecida Garcia de. Resolutividade do cuidado à saúde das crianças menores de cinco anos hospitalizadas por causas sensíveis a atenção básica. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-08082011-155759/ >.
    • APA

      Toso, B. R. G. de O., & Lima, R. A. G. de. (2011). Resolutividade do cuidado à saúde das crianças menores de cinco anos hospitalizadas por causas sensíveis a atenção básica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-08082011-155759/
    • NLM

      Toso BRG de O, Lima RAG de. Resolutividade do cuidado à saúde das crianças menores de cinco anos hospitalizadas por causas sensíveis a atenção básica [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-08082011-155759/
    • Vancouver

      Toso BRG de O, Lima RAG de. Resolutividade do cuidado à saúde das crianças menores de cinco anos hospitalizadas por causas sensíveis a atenção básica [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-08082011-155759/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020