Exportar registro bibliográfico

Cuidado da família em pediatria: vivência do enfermeiro em um hospital universitário (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: SAMPAIO, PATRICIA STELLA SILVA - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENP
  • Subjects: ENFERMAGEM DA FAMÍLIA; ENFERMAGEM PEDIÁTRICA; FENOMENOLOGIA; CUIDADOS DE ENFERMAGEM; FAMÍLIA
  • Language: Português
  • Abstract: O propósito da pesquisa foi desvelar o fenômeno: a enfermeira no cuidado à família da criança hospitalizada. Este estudo de natureza qualitativa teve como objetivos: conhecer a vivência do enfermeiro no cuidado às famílias de crianças hospitalizadas em unidades pediátricas e apreender o típico da vivência dos enfermeiros em ações que envolvem este cuidado. Foi utilizado como referencial teórico filosófico a abordagem da Fenomenologia Social de Alfred Schütz. Foram realizadas entrevistas com 16 enfermeiras que atuavam em unidades de emergência pediátricas, terapia intensiva pediátrica e neonatal, berçário e unidade de internação de um hospital universitário da cidade de São Paulo, tendo como foco sua vivência no cuidado às familias de crianças hospitalizadas. A análise conduzida segundo a teoria motivacional de Schütz, possibilitou identificar o tipo vivido da enfermeira no cuidado à família da criança hospitalizada, que é apresentado em duas condutas motivacionais. Na primeira o cuidado da enfermeira é caracterizado por Incluir a família, pois para ela pensar na família é fundamental. Com isso, sente necessidade de atender às demandas da família durante a hospitalização e de aprimorar seus conhecimentos quanto à abordagem da família. Na segunda conduta, o cuidado da enfermeira se caracteriza por Engajar a família na assistência prestada à criança. Para ela a presença da família é importante, e a necessidade de integrar a família no cuidado e atender às demandas da criançasão modos de garantir o cuidado futuro da criança. O estudo revelou que a experiência de cuidado à família da criança hospitalizada prestado pela enfermeira não é uniforme, a motivação ainda se dá como prática individual, conforme a bagagem de conhecimento e os propósitos de cada profissional. A implementação de um modelo de cuidado centrado na família, apresenta desafios que demandam superação, individual e institucional, para que também a família seja considerada como unidade de cuidado durante a hospitalização de um seus membros
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.06.2011
  • Versão PublicadaAcesso à fonte

    Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão PublicadaPatricia_Stella_Silva_Sam...Direct link
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SAMPAIO, Patricia Stella Silva; ANGELO, Margareth. Cuidado da família em pediatria: vivência do enfermeiro em um hospital universitário. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-17082011-095518/ >.
    • APA

      Sampaio, P. S. S., & Angelo, M. (2011). Cuidado da família em pediatria: vivência do enfermeiro em um hospital universitário. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-17082011-095518/
    • NLM

      Sampaio PSS, Angelo M. Cuidado da família em pediatria: vivência do enfermeiro em um hospital universitário [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-17082011-095518/
    • Vancouver

      Sampaio PSS, Angelo M. Cuidado da família em pediatria: vivência do enfermeiro em um hospital universitário [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-17082011-095518/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020