Exportar registro bibliográfico

Métodos de redução do arrasto e seus impactos sobre a estabilidade veicular (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CASTEJON, DANILO VIEIRA - EESC
  • Unidades: EESC
  • Sigla do Departamento: SEM
  • Subjects: AERODINÂMICA; ESTABILIDADE VEICULAR; TURBULÊNCIA; EQUAÇÕES DE NAVIER-STOKES; VEÍCULOS AUTOMOTORES
  • Language: Português
  • Abstract: A crescente preocupação ambiental e a necessidade de se criar produtos mais eficientes têm impulsionado os pesquisadores a realizarem estudos acerca da aerodinâmica veicular. Estes dois fatores constituem os principais motivos, pelos quais existe uma grande procura por conhecimento nesta área. Esta ciência pode ser considerada relativamente nova e ainda carece de uma base de dados. Entender como a aerodinâmica se relaciona com o consumo de combustível nos automóveis, à medida que o arrasto impõe resistência ao deslocamento dos mesmos, é algo que tem estimulado as indústrias automotivas a investirem grandes esforços na obtenção de ferramentas, que possam representar as condições de tráfego normais e, assim conseguir prever o desempenho do produto em desenvolvimento. Os túneis de vento e a simulação computacional surgem neste ambiente como as principais ferramentas de análise e predição do escoamento ao redor do veículo. Por isso seu entendimento faz-se de extrema necessidade. Ter conhecimento sobre a concepção do seu projeto, como funcionam, seus pontos fortes e suas fraquezas, são requisitos necessários para a pessoa que deseja estudar esta ciência. O presente trabalho traz uma contextualização histórica da aerodinâmica veicular nas indústrias automotiva e automobilística, além de apresentar aspectos técnicos relacionados aos túneis de vento e simulação computacional. Abordando as vantagens e desvantagens de cada ferramenta, expõe-se o fato de que estas ferramentas são complementares no estudo aerodinâmico. Para exemplificar a utilização dessas ferramentas, foi realizado um estudo aerodinâmico sobre uma geometria básica, que representa com similaridade os veículos tipo hatchback, denominada Modelo SAE em ambiente computacional. Os conceitos acerca do arrastoveicular e estabilidade veicular foram expostos para embasar este estudo. Este modelo foi submetido a diferentes geometrias traseiras e condições de escoamento simétricas e assimétricas. Este estudo demonstrou que o arrasto e a estabilidade veicular compreendem conceitos distintos e, dessa forma, é possível diminuir o arrasto de um veículo sem haver perda de estabilidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.06.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CASTEJON, Danilo Vieira; CATALANO, Fernando Martini. Métodos de redução do arrasto e seus impactos sobre a estabilidade veicular. 2011.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18148/tde-25082011-205657/pt-br.php >.
    • APA

      Castejon, D. V., & Catalano, F. M. (2011). Métodos de redução do arrasto e seus impactos sobre a estabilidade veicular. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18148/tde-25082011-205657/pt-br.php
    • NLM

      Castejon DV, Catalano FM. Métodos de redução do arrasto e seus impactos sobre a estabilidade veicular [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18148/tde-25082011-205657/pt-br.php
    • Vancouver

      Castejon DV, Catalano FM. Métodos de redução do arrasto e seus impactos sobre a estabilidade veicular [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18148/tde-25082011-205657/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020