Exportar registro bibliográfico

Natsume Sôseki: o olhar felino sobre as múltiplas faces do homem de Meiji (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: AFONSO, JOY NASCIMENTO - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLO
  • Assunto: LITERATURA JAPONESA
  • Language: Português
  • Abstract: O romance Eu sou um Gato, do escritor japonês Natsume Sôseki, publicado entre 1906 e 1907, é marcado basicamente pela critica ao regime em voga, período Meiji (18681912) no Japão e seus costumes sociais. Entretanto, sua construção baseia-se em técnicas pouco utilizadas na época, pois o autor mescla influências dos romances naturalistas ocidentais à tradição oral e teatral do período Edo (1600-1867), a fim de descrever o período em que o homem transitava entre o antigo e o moderno. O autor se baseia, assim como sugere o título, no ponto de vista de um gato pedante e possuidor de uma linguagem aforística, que analisa o ser humano frente aos problemas do seu cotidiano, revelando seu caráter, seus vícios e segredos. Sugerindo que ao olhar para o íntimo do homem, encontramos também as mudanças sociais: a introdução do capitalismo e dos hábitos ocidentais, ainda alienígenas ao povo oriental, era ao mesmo tempo, discutida e porque não criticadas. Verificamos essas nuances desde a estrutura da obra, que mescla influências do conto e da novela, dando origem a uma voz narrativa polifônica e dialógica: o gato. Ele é a voz que narra e porque não escreve também a história, apesar de não possuir nem mesmo nome. Sua voz se alterna conforme pede a situção e durante o decorrer da obra, sua figura de inicio é um simples gato, se transforma em um ser monstruoso, fundamentado nas grandes figuras mitológicase literárias de outros felinos. Tanto o gato quanto as outras personagens da obra utilizam-se de uma linguagem irônica e satírica revelando uma crítica sutil à sociedade de Meiji. Entretanto, para que esta linguagem surta o efeito desejado há o emprego do cômico e da paródia como apoio para a censura dos hábitos sociais. O cômico favorece o rir de si mesmo e das falhas humanas e a paródia faz alusão a uma desconstrução da literatura, visto que as estruturas sociais estão desgastadas e há algo que ainda precisa ser dito. A obra em questão é, em suma, uma grande afirmação de que a sociedade não está conformada com o que há
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.03.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AFONSO, Joy Nascimento; YOSHIDA, Luiza Nana. Natsume Sôseki: o olhar felino sobre as múltiplas faces do homem de Meiji. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8157/tde-03082011-140731/ >.
    • APA

      Afonso, J. N., & Yoshida, L. N. (2011). Natsume Sôseki: o olhar felino sobre as múltiplas faces do homem de Meiji. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8157/tde-03082011-140731/
    • NLM

      Afonso JN, Yoshida LN. Natsume Sôseki: o olhar felino sobre as múltiplas faces do homem de Meiji [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8157/tde-03082011-140731/
    • Vancouver

      Afonso JN, Yoshida LN. Natsume Sôseki: o olhar felino sobre as múltiplas faces do homem de Meiji [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8157/tde-03082011-140731/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021