Exportar registro bibliográfico

A incorporação de 5-bromo-2'-desoxiuridina (BrdUrd), em cromossomos politênicos da glândula salivar de Bradysia hygida (Diptera, Sciaridae), inibe a expressão dos genes amplificados: BhB10-1, BhC4-1 e BhC5-2 (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: VIANA, JULIANA CONTI - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBP
  • Subjects: GLÂNDULAS SALIVARES; DIFERENCIAÇÃO CELULAR; EXPRESSÃO GÊNICA; GENES (ATIVIDADE); DIPTERA
  • Language: Português
  • Abstract: Trabalhos publicados, durante as últimas décadas, a respeito dos diferentes papéis exercidos pela 5-bromo-2'-desoxiuridina (BrdUrd), um análogo da timidina (dThd), em diversos modelos biológicos, têm mostrado que a BrdUrd pode induzir ou inibir a expressão gênica e a diferenciação celular. Nos Sciaridae, a diferenciação celular, na glândula salivar, envolve um processo de amplificação gênica, que ocorre em sítios especificas dos cromossomos politênicos, ao final do quarto e último estádio larval, levando à formação dos pufes de DNA (Breuer and Pavan, 1955). A injeção de BrdUrd em larvas de Bradysia hygida, durante o período de amplificação gênica, leva a um efeito morfológico notável - os pufes de DNA não se expandem, a cromatina, nesses sitias cromossômicos, permanece muito compactada durante o resto do quarto estádio e o processo de transcrição, estudado autorradiograficamente, é severamente prejudicado nestes primórdios (Almeida et al., 2010). O objetivo do presente trabalho é demonstrar, morfológica e molecularmente, como ocorre o efeito da BrdUrd sobre a diferenciação celular, estudando seu papel no controle da atividade de genes amplificados especificas. Por imunolocalização indireta, demonstramos que os primórdios dos pufes de DNA, sitias onde ocorre amplificação gênica, incorporam preferencialmente a BrdUrd. Se dThd for injetada com a BrdUrd, na mesma concentração, o análogo não é incorporado e seu efeito sobre a cromatina dos primórdios não aparece. Portanto, concluamos que o efeito da BrdUrd depende dos altos níveis de incorporação nos primórdios dos pufes de DNA. A atividade de transcrição dos pufes de DNA, em B. hygida, depende de que o receptor da 20-OH ecdisona (BhEcR) e RNA polimerase II estejam presentes nestes sitias cromossômicos (Candido-Silva et al., 2008). Portanto, seria interessante investigar o que acontece com estas proteínas, quando os primórdios dospufes de DNA são impedidos de expandir, pela ação do análogo. Como era esperado, por imunolocalização, não detectamos ou detectamos pequenas quantidades de RNA polimerase II nos primórdios tratados. Este resultado sustenta a demonstração anterior, que mostrou, em estudo autorradiográfico, que a síntese de RNA era muito prejudicada nos primórdios tratados (Almeida et al., 2010). Entretanto, este é um efeito geral, os pufes de DNA podem abrigar mais de um gene. Neste trabalho, por "Northern blots", mostramos que três genes amplificados especificas, BhC4-1, BhC5-2 e BhB10-1, situados em diferentes pufes de DNA, têm sua transcrição praticamente supressa quando a larva é tratada com a BrdUrd. Por Western blots, este efeito foi confirmado para dois daqueles genes, BhC4-1 e BhB10-1 (para os quais dispomos de anticorpos contra seus produtos). Em nosso sistema, fica claro que o efeito da BrdUrd sobre a diferenciação celular, na glândula salivar, se deve a sua incorporação diferencial nos primórdios dos pufes de DNA, que leva a forte compactação da cromatina destes sitias cromossômicos. Os pufes não se expandem, componentes essenciais para a transcrição de genes situados nestes sítios têm seu acesso dificultado, resultando em falha na transcrição de genes amplificados especificas e ausência de seus produtos finais (as proteínas). É possível que, em outros sistemas, compactação irreversível de regiões da cromatina também esteja envolvida na inibição da diferenciação celular pela BrdUrd. Ainda está para ser demonstrado se a compactação extrema observada nos primódios dos pufes de DNA se deve a uma interação modificada entre o DNA que incorporou BrdUrd e proteínas cromossômicas. Nos próximos passas deste trabalho, queremos investigar esta possibilidade, usando anticorpos contra diferentes tipos de historias
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.03.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VIANA, Juliana Conti; ALMEIDA, Jorge Cury de. A incorporação de 5-bromo-2'-desoxiuridina (BrdUrd), em cromossomos politênicos da glândula salivar de Bradysia hygida (Diptera, Sciaridae), inibe a expressão dos genes amplificados: BhB10-1, BhC4-1 e BhC5-2. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Viana, J. C., & Almeida, J. C. de. (2011). A incorporação de 5-bromo-2'-desoxiuridina (BrdUrd), em cromossomos politênicos da glândula salivar de Bradysia hygida (Diptera, Sciaridae), inibe a expressão dos genes amplificados: BhB10-1, BhC4-1 e BhC5-2. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Viana JC, Almeida JC de. A incorporação de 5-bromo-2'-desoxiuridina (BrdUrd), em cromossomos politênicos da glândula salivar de Bradysia hygida (Diptera, Sciaridae), inibe a expressão dos genes amplificados: BhB10-1, BhC4-1 e BhC5-2. 2011 ;
    • Vancouver

      Viana JC, Almeida JC de. A incorporação de 5-bromo-2'-desoxiuridina (BrdUrd), em cromossomos politênicos da glândula salivar de Bradysia hygida (Diptera, Sciaridae), inibe a expressão dos genes amplificados: BhB10-1, BhC4-1 e BhC5-2. 2011 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021