Exportar registro bibliográfico

Imagem corporal e qualidade de vida em indivíduos com deformidades dentofaciais (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MIGLIORUCCI, RENATA RESINA - FOB
  • Unidades: FOB
  • Sigla do Departamento: BAF
  • Subjects: IMAGEM CORPORAL; MALOCLUSÃO; QUALIDADE DE VIDA; DEFORMIDADES DENTO-FACIAIS
  • Language: Português
  • Abstract: As deformidades dentofaciais (DDF) interferem não só nas condições funcionais e na estética facial, como também na personalidade, nas atitudes e no comportamento do indivíduo, de modo que a insatisfação gerada pela aparência pode desencadear problemas psicológicos e pior qualidade de vida. Entretanto, nenhum estudo até a atualidade investigou o quanto o nível de insatisfação com a Imagem Corporal (IC) relaciona-se com a QV. O propósito deste estudo foi analisar a relação entre Imagem Corporal (IC) e Qualidade de Vida (QV) nos indivíduos com Deformidades Dentofaciais (DDF), considerando gênero, idade e padrão facial. Foram estudados 30 indivíduos com DDF, 18 mulheres e 12 homens, sendo 12 padrão facial do tipo II e 18 padrão III, em tratamento ortodôntico pré-cirúrgico, com idade entre 18 e 40 anos ( x =28,98 anos). Um Grupo Controle foi constituído por 30 indivíduos para comparações com o Grupo DDF. Para análise da IC, foi aplicado o Body Dysmorphic Disorder Examination (BDDE), constituído por 34 perguntas que mensuram o grau de insatisfação relativa à determinada característica física e para a QV foi aplicado o questionário Oral Health Impact Profile (OHIP-14), composto por 14 questões que abordam sete categorias (Limitação Funcional, Dor Física, Desconforto Psicológico, Limitação Física, Limitação Psicológica, Limitação Social e Incapacidade). Os resultados mostraram que Grupo DDF apresentou maior nível de insatisfação com a IC e pior QV em relação ao GC, sendo que 26,6% do Grupo DDF apresentaram níveis elevados de insatisfação com a IC; dentre as categorias do OHIP-14, o Desconforto Psicológico, Limitação Psicológica, Dor Física e Limitação Física, foram os impactos mais observados no Grupo DDF. Houve correlação linear positiva entre a IC e QVEm relação ao gênero, a DDF afeta mais as mulheres, em relação a insatisfação com a IC e pior QV, do que os homens. Concluiu-se que, há relação entre IC e QV, ou seja, quanto maior a insatisfação com a IC, pior é a QV no Grupo DDF
  • Imprenta:
    • Place of publication: Bauru
    • Date published: 2011
  • Data da defesa: 27.04.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MIGLIORUCCI, Renata Resina; ABRAMIDES, Dagma Venturini Marques. Imagem corporal e qualidade de vida em indivíduos com deformidades dentofaciais. 2011.Universidade de São Paulo, Bauru, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-27072011-085614/pt-br.php >.
    • APA

      Migliorucci, R. R., & Abramides, D. V. M. (2011). Imagem corporal e qualidade de vida em indivíduos com deformidades dentofaciais. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-27072011-085614/pt-br.php
    • NLM

      Migliorucci RR, Abramides DVM. Imagem corporal e qualidade de vida em indivíduos com deformidades dentofaciais [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-27072011-085614/pt-br.php
    • Vancouver

      Migliorucci RR, Abramides DVM. Imagem corporal e qualidade de vida em indivíduos com deformidades dentofaciais [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-27072011-085614/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020