Exportar registro bibliográfico

Estudo das condições de hidrólise de álcoois primários sulfatados (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: OLIVEIRA, MARIA RITA PEREZ DE - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PQI
  • Subjects: CINÉTICA; MODELAGEM DE DADOS; PROCESSOS QUÍMICOS
  • Language: Português
  • Abstract: Álcoois primários sulfatados de cadeia longa, usualmente na forma de sais de sódio, são tensoativos de grande interesse comercial utilizados em diversas formulações de higiene pessoal e limpeza doméstica. Eles são produzidos comercialmente através da reação de álcoois etoxilados com trióxido de enxofre seguida de imediata neutralização com hidróxido de sódio. O produto formado é uma solução neutra de álcool primário etoxilado sulfatado em água. Sabe-se que a armazenagem desse produto por longos períodos de tempo em temperaturas elevadas pode levar à hidrólise completa, mas, em condições normais de uso e temperatura ambiente é esperado que o produto seja resistente à hidrólise. No entanto observou-se que algumas amostras comerciais de lauril éter sulfato de sódio que foram estocadas por diferentes períodos de tempo em frascos fechados à temperatura ambiente sofreram hidrólise em intervalos de tempo relativamente curtos. Isso leva à hipótese de que o comportamento de hidrólise seria influenciado por outras variáveis além da temperatura e do tempo de estocagem. O presente trabalho consistiu em identificar as variáveis de maior impacto na reação de hidrólise por meio de experimentos planejados. O teor de ativos foi acompanhado ao longo da reação para avaliar o efeito da presença de eletrólitos, de material insulfatado, em diferentes temperaturas, variando-se o pH inicial por meio da adição de ácido clorídrico. O comportamento da reação de hidrólise observado foi compatível com aquele descrito na literatura para o dodecil sulfato de sódio. A hidrólise apresentou-se como sendo autocatalítica, com a aceleração da taxa de reação provavelmente causada pela presença de íons hidrogênio liberados na reação. Foi possível identificar que as variáveis de maior efeito na reação foram: pH inicial, o teor de cloreto de sódio e a temperatura.O modelo de troca iônica em pseudo-fase foi utilizado para o tratamento dos resultados experimentais e mostrou-se adequado tendo sido, portanto, utilizado para prever o comportamento de estabilidade do produto à temperatura ambiente e nas condições em que o produto é normalmente comercializado. Um modelo empírico de redes neurais foi desenvolvido com sucesso para prever o comportamento do pH ao longo do tempo para as condições estudadas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.04.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Maria Rita Perez de; GUARDANI, Roberto. Estudo das condições de hidrólise de álcoois primários sulfatados. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-19072011-165944/pt-br.php >.
    • APA

      Oliveira, M. R. P. de, & Guardani, R. (2011). Estudo das condições de hidrólise de álcoois primários sulfatados. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-19072011-165944/pt-br.php
    • NLM

      Oliveira MRP de, Guardani R. Estudo das condições de hidrólise de álcoois primários sulfatados [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-19072011-165944/pt-br.php
    • Vancouver

      Oliveira MRP de, Guardani R. Estudo das condições de hidrólise de álcoois primários sulfatados [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3137/tde-19072011-165944/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021