Exportar registro bibliográfico

Qualidade de vida de crianças com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (2011)

  • Authors:
  • Autor USP: BILHAR, JULIANA CRISTINA FERNANDES DE ARAUJO - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MPE
  • Subjects: QUALIDADE DE VIDA; HIPERATIVIDADE; CRIANÇAS; AUTOCONCEITO
  • Language: Português
  • Abstract: O transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH) é uma condição neurobiológica que atinge de 3 a 7% da população pediátrica Possui como característica um padrão persistente de desatenção, hiperatividade e/ou impulsividade, mais frequente e grave do que aquele tipicamente observado em indivíduos em nível equivalente de desenvolvimento. O TDAH está associado a prejuízos em vários contextos, incluindo o desempenho acadêmico, comportamento escolar, as relações entre colegas e o funcionamento familiar, influenciando diretamente na qualidade de vida de seus portadores. Este estudo teve como objetivo avaliar a qualidade de vida de crianças com TDAH do tipo combinado, utilizando a escala PedsQLTM. Foram avaliadas crianças com idade de oito a doze anos, comparando com um grupo sem o transtorno e relacionando com a percepção de seus pais e/ou cuidadores. No total 88 crianças participaram do estudo, em todos os casos os respectivos pais e/ou cuidadores também responderam ao questionário de qualidade de vida. Destas 45 pertenciam ao grupo de estudo e 43 ao grupo controle. Não houve diferença estatística entre os grupos nas variáveis: sexo, renda familiar, estado civil dos pais, escolaridade do pai e escolaridade da mãe, demonstrando semelhança em ambos os grupos. Os resultados indicaram que no Autorrelato Infantil o grupo com TDAH apresentou pontuação inferior ao grupo controle em todos os domínios avaliados. A diferença foi significante nos domínios aspecto social (p = 0,010), atividade escolar (p < 0,001), saúde psicossocial (p < 0,001) e qualidade de vida total (p = 0,002). Os domínios capacidade física e aspecto emocional não apresentaram diferença estatística entre os grupos, p = 0,841; p = 0,070, respectivamente. Segundo a percepção dos pais e/ou cuidadores, o grupo com TDAH apresentou pontuação inferior em todos os domínios. Neste caso ocorreu diferença significante em todos os domínios - (Continua)(Continuação) capacidade física (p < 0,001), aspecto emocional (p < 0,001), aspecto social (p < 0,001), atividade escolar (p < 0,001), saúde psicossocial (p < 0,001) e qualidade de vida total (p < 0,001). A relação entre o autorrelato infantil e o relato dos pais indicou que há maior concordância entre o grupo com o TDAH, exceto em atividade escolar. Este dado sugere que tanto a criança com o transtorno quanto o pai tem a percepção quanto à limitação funcional que a doença proporciona. Os pacientes com TDAH apresentaram prejuízo em múltiplos domínios de qualidade de vida, principalmente os relacionados com fatores psicossociais, indicando que as questões comportamentais, sociais e escolares possuem grande interferência no bem-estar destas crianças. A realização de estudos que verifiquem a qualidade de vida em crianças com TDAH na população brasileira é necessária, podendo gerar meios de intervenção mais adequados visando proporcionar e mensurar o alcance destes no bem-estar destas crianças
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.03.2011
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BILHAR, Juliana Cristina Fernandes de Araujo; CASELLA, Erasmo Barbante. Qualidade de vida de crianças com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5141/tde-13062011-123149/ >.
    • APA

      Bilhar, J. C. F. de A., & Casella, E. B. (2011). Qualidade de vida de crianças com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5141/tde-13062011-123149/
    • NLM

      Bilhar JCF de A, Casella EB. Qualidade de vida de crianças com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5141/tde-13062011-123149/
    • Vancouver

      Bilhar JCF de A, Casella EB. Qualidade de vida de crianças com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5141/tde-13062011-123149/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021