Exportar registro bibliográfico

Frequência dos diferentes protocolos de extrações nos tratamentos ortodônticos conduzidos na Faculdade de Odontologia de Bauru FOB-USP, nos últimos 35 anos (2010)

  • Authors:
  • Autor USP: MARIA, FÁBIO ROGÉRIO TORRES - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAO
  • Subjects: ORTODONTIA; EXTRAÇÃO DENTÁRIA; PROTOCOLOS CLÍNICOS
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo objetivou realizar um levantamento retrospectivo de todos os planejamentos ortodônticos realizados pelo Departamento de Ortodontia (FOB USP) desde 1973, para que pudessem ser avaliados os protocolos de tratamento escolhidos à época, principalmente quanto à decisão de extrações e suas freqüências. A amostra constitui-se inicialmente de 3745 documentações ortodônticas arquivadas pelo Departamento de Ortodontia, das quais 332 documentações foram descartadas seguindo alguns fatores de exclusão, tais como casos transferidos, desistências e informações e exames incompletos. A amostra total de 3413 pacientes foi avaliada de acordo com o protocolo de tratamento escolhido, classificados como: Protocolo 0 (Sem extrações); Protocolo 1 (Extrações de 4 primeiros pré-molares); Protocolo 2 (2 primeiros pré-molares superiores e 2 segundos inferiores); Protocolo 3 (2 pré-molares superiores); Protocolo 4 (4 segundos pré-molares); Protocolo 6 (Incisivos e caninos); Protocolo 7 (Primeiros e segundos molares); Protocolo 8 (extrações atípicas); Protocolo 9 (grupo de agenesias e perdas precoces). Estes protocolos aferidos, foram então divididos em 7 grupos, definidos como 7 intervalos cronológicos a cada 5 anos: Intervalo 1 (1973-1977); Intervalo 2 (1978-1982); Intervalo 3 (1983-1987); Intervalo 4 (1988-1992); Intervalo 5 (1993-1997); Intervalo 6 (1998-2002); Intervalo 7 (2003-2007). Estes intervalos foram então comparados entre si para que as freqüências dos protocolos pudessem definir possíveis tendências predominantes a cada época testada. Os resultados demonstraram diferenças estatisticamente significantes para 7 dos 10 protocolos avaliados entre os intervalos considerados, evidenciando uma grande diferença de freqüência dos principais protocolos de tratamento ao longo destes 35 anos avaliados. Portanto conclui-se que a escolha pelos protocolos detratamento sofreram influências de filosofias e dogmas vigentes durante os intervalos avaliados.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.08.2010
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARIA, Fábio Rogério Torres; JANSON, Guilherme dos Reis Pereira. Frequência dos diferentes protocolos de extrações nos tratamentos ortodônticos conduzidos na Faculdade de Odontologia de Bauru FOB-USP, nos últimos 35 anos. 2010.Universidade de São Paulo, Bauru, 2010. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25134/tde-02062011-143725/pt-br.php >.
    • APA

      Maria, F. R. T., & Janson, G. dos R. P. (2010). Frequência dos diferentes protocolos de extrações nos tratamentos ortodônticos conduzidos na Faculdade de Odontologia de Bauru FOB-USP, nos últimos 35 anos. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25134/tde-02062011-143725/pt-br.php
    • NLM

      Maria FRT, Janson G dos RP. Frequência dos diferentes protocolos de extrações nos tratamentos ortodônticos conduzidos na Faculdade de Odontologia de Bauru FOB-USP, nos últimos 35 anos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25134/tde-02062011-143725/pt-br.php
    • Vancouver

      Maria FRT, Janson G dos RP. Frequência dos diferentes protocolos de extrações nos tratamentos ortodônticos conduzidos na Faculdade de Odontologia de Bauru FOB-USP, nos últimos 35 anos [Internet]. 2010 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25134/tde-02062011-143725/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021